Resolução de denúncia contra Temer pode sofrer adiamento

Presidente terá dez sessões para apresentar defesa e Comissão irá votar relatório em outras cinco

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

O professor da Faculdade de Direito de Ribeirão Preto (FD-RP) da USP Rubens Beçak  explica como se dará o rito do processo contra o presidente, esclarecendo as diferenças entre a situação atual em comparação ao impeachment de Dilma Rousseff em 2016.

Além disso, para ele, não se deve postergar a resolução da denúncia contra o presidente, uma vez que essa postura apenas agrava a crise política e econômica. E, por fim, defende que o final do mandato de Temer seja adiantado através de uma  PEC em prol da governabilidade e legitimidade do executivo.

O Jornal da USP, uma parceria do Instituto de Estudos Avançados, Faculdade de Medicina e Rádio USP, busca aprofundar temas nacionais e internacionais de maior repercussão e é veiculado de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 9h30, com apresentação de Roxane Ré.

Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 93.7, em Ribeirão Preto FM 107.9, pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados