Premiada, Michal Lipson é uma das autoridades em fotônica do silício

Cientista que começou seus estudos na USP é uma das contempladas com o chamado “Genius Grant”, oferecido pela prestigiada Fundação MacArthur

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Na nova edição de “Ciência e Cientistas”, o físico Paulo Nussenzveig, professor e coordenador do Programa de Pós-Graduação do Instituto de Física (IF) da USP, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher neste mês de março, apresenta o trabalho da pesquisadora Michal Lipson.

Começando sua carreira como estudante no Instituto de Física (IF) da USP, Michal é atualmente professora na Universidade de Columbia e é conhecida internacionalmente por seu trabalho em fotônica do silício. Contemplada com o chamado “auxílio para gênios” da Fundação MacArthur, a física conta aos ouvintes da Rádio USP sobre “etapas da sua carreira, motivações e a grande paixão que ela tem por fazer ciência”, diz Nussenzveig.

Ouça mais no áudio acima.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados