“Mais que político, Trump é um comunicador”, diz professor

Ações simbólicas e midiáticas marcarão gestão do novo presidente americano, avalia professor Alexandre Barbosa

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Hoje (20), ocorreu a cerimônia de posse de Donald Trump como presidente dos Estados Unidos. A vitória do magnata, com propostas polêmicas, como a construção de um muro na fronteira com o México e a deportação de milhões de imigrantes ilegais, surpreendeu muitos e trouxe diversas discussões sobre o futuro dos Estados Unidos e o seu reflexo no mundo.

No último episódio sobre a posse de Donald Trump, acompanhe a entrevista do Jornal da USP com os professores Alexandre Barbosa e Gilson Schwartz, da Escola de Comunicações e Artes (ECA), e Paulo Saldiva, diretor do Instituto de Estudos Avançados (IEA) da USP:
.

.
Para o professor Alexandre Barbosa, da ECA, o novo presidente eleito é um comunicador mais do que um político. “Ele soube construir muito bem um discurso que há séculos vem ganhando as multidões, que é separar o mundo entre mocinhos e bandidos”, afirma. O professor explica que essa estratégia seria responsável por agradar o americano médio, que estava se sentindo desprestigiado ou perdendo as suas condições econômicas com os governos democratas.

Barbosa ainda mostra que a campanha de Trump foi feita com ações midiáticas muito fortes. “A campanha dele foi carregada de simbolismos. Quando ele fala do muro ou algumas ações espetaculares, a ação em si não vai trazer nenhum resultado prático, mas trará muita polêmica, muita discussão, e isso abre espaços para reformas mais profundas no Estado norte-americano”, comenta.

Ainda assim, o professor acredita que o governo será uma marca de como a direita política agirá nos próximos anos: com ações espetaculares, um discurso muito forte e esvaziando cada vez mais o papel do Estado.

A série completa sobre a posse do novo presidente americano está disponível no site do Jornal da USP.

Produção: Lucas Almeida, Victor Matioli, Thales Silva, Lucas Pecoraro, Paula Serra, Luenne Albuquerque e Caio Benedetto.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados