Como Donald Trump “melou” o Tratado de Paris

Veja como o presidente Donald Trump consternou o mundo ao tirar os EUA do Tratado de Paris

  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  

Devemos começar dizendo, segundo Dallari, que a fala do presidente francês, Emmanuel Macron, na ocasião foi muito interessante, referindo-se à saída dos Estados Unidos do Acordo de Paris, que começará a vigorar em 2020: “Não temos um plano B, porque não temos o planeta B, só a Terra”. E ele tem toda a razão.

O Acordo de Paris, por sua vez, é resultado, nesta década, de algo que começou há muito tempo. O principal documento de referência foi, inclusive, aprovado no Brasil, na Rio-92, durante a grande conferência do meio ambiente que houve aqui, naquele ano. Confira o áudio e veja como Kyoto foi um desenvolvimento da Rio-92 e como Trump indignou o mundo ao contrariar a palavra já dada de Barack Obama, de sentido inverso.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados