Especialistas do ICB falam sobre diagnóstico de Zika vírus

No segundo boletim da série sobre o Zika vírus, o programa É bom saber conversa com dois especialistas do Instituto de Ciências Biomédicas (ICB) da USP

Por - Editorias: Atualidades
Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

A professora Margareth Capurro, do Departamento de Parasitologia, fala sobre a contaminação por transfusão de sangue. “O grande problema são as pessoas que não sabem que estão doentes, as assintomáticas”, afirma. São pessoas que carregam o vírus, mas não apresentam o quadro da doença, e que podem acabar doando sangue e provocando uma contaminação.

Coordenador da chamada Rede Zika, força-tarefa que reúne centros de pesquisa e laboratórios de todo o estado, o professor Paolo Zanotto, do Departamento de Microbiologia, fala sobre os avanços na questão do diagnóstico do Zika.

Ouça a entrevista completa com os pesquisadores:

 

O É Bom Saber vai ao ar às terças e quintas-feiras pela Rádio USP em dois horários, às 9 horas e às 16 horas, com produção e apresentação de Cido Tavares. O boletim semanal traz fatos que marcaram a história, além de assuntos atuais com o intuito de informar e mexer com a curiosidade do ouvinte.

A Rádio USP pode ser ouvida na FM 93,7 MHz e pela internet.

Mais informações: email cidotavares@gmail.com

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail