Celular com lente dupla é a nova moda no mercado

O professor Fernando Scavone, da ECA, diz que a ideia não é nova, sendo anterior ao lançamento do primeiro iPhone

Por - Editorias: Atualidades, Rádio USP
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Não há limites para as inovações da tecnologia. Há mais de 15 anos, as máquinas digitais tornaram-se populares e aposentaram as câmeras de fotografia analógicas, aquelas cujos filmes precisavam ser revelados na escuridão de um estúdio fotográfico. Agora, parece ter chegado a vez da máquina digital com o cartãozinho de memória estar com os dias contados. Tudo indica que serão substituídas pela nova coqueluche do mercado, os celulares de lentes duplas, os quais permitem, por exemplo, tirar fotos com fundo desfocado, efeito anteriormente exclusivo às câmeras profissionais.

O professor Fernando Scavone (Departamento de Cinema, Rádio e Televisão da Escola de Comunicações e Artes da USP) diz que a ideia de ter duas lentes numa mesma câmera, apesar de constituir um avanço, não é exatamente nova. De acordo com ele, é possível rastrear o mesmo princípio já em algumas câmeras de vídeo dos anos 1980, das que ainda usavam fitas de gravação para captar imagens.

A inovação real, acrescenta, é feita pelo Google, que desenvolve um módulo de câmera que obtém um tratamento de foco diferenciado, mas não pelo princípio ótico da profundidade de campo, e, sim, a partir de um princípio de processamento de informação, o que implica ter a informação de duas imagens por meio de uma única lente. Ouça a explicação  do professor Fernando Scavone no áudio acima.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados