Foto: Marcos Santos/USP Imagens

Fuvest 2023: confira o que muda no vestibular e acompanhe a correção da prova da primeira fase

Quase 115 mil inscritos, entre candidatos e treineiros, farão a prova da Fuvest neste domingo, dia 4 de dezembro; uso de máscara será obrigatório

 01/12/2022 - Publicado há 2 meses

Redação

A partir das 13 horas deste domingo, 4 de dezembro, começa o vestibular da USP 2023. Organizado pela Fuvest, a primeira fase do exame tem 104.043 candidatos inscritos, sendo 10.389 treineiros – estudantes do 1º e 2º ano do ensino médio, totalizando 114.432 pessoas. Após a liberação do gabarito pela Fuvest, haverá transmissão da correção da prova, realizada pelo cursinho MedEnsina, no Canal USP no Youtube e na Rádio USP.

Os candidatos vão concorrer a 8.230 vagas oferecidas pela Fuvest: 4.961 de ampla concorrência, 2.173 vagas reservadas para candidatos de escola pública e 1.096 para candidatos de escolas públicas autodeclarados pretos, pardos ou indígenas. Outras 2.917 vagas serão oferecidas pelo novo sistema Enem-USP que utiliza a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e substitui o ingresso anterior que era realizado via Sistema de Seleção Unificada (Sisu). No total, a USP oferece 11.147 vagas.

No ranking de concorrência das carreiras para o vestibular 2023, considerando a relação de candidatos por vaga, as cinco carreiras mais concorridas são: Medicina em São Paulo, com 118; Medicina em Ribeirão Preto, com 95,9; Medicina em Bauru, com 78,3; Psicologia em São Paulo, com 70,6; e Relações Internacionais em São Paulo, com 54,7.

Em número de inscritos totais para as carreiras, Medicina em São Paulo lidera o ranking com 14.401 candidatos. Direito, que reúne os cursos em São Paulo e Ribeirão Preto, ficou em segundo lugar, com 8.195, seguido de Medicina em Ribeirão Preto, com 7.193 inscritos.

Para a prova deste domingo, devido ao aumento do número de casos da covid-19 no Estado de São Paulo, a Fuvest divulgou medidas de biossegurança que devem ser seguidas pelos participantes, entre elas o uso de máscara facial.  Além disso, para se alimentar, os candidatos deverão pedir ao fiscal para sair da sala de prova e se dirigirem a um local determinado para este fim.

Confira abaixo mais informações sobre as medidas de biossegurança, o que muda neste vestibular e como acompanhar o desempenho na prova.

O que há de novo no vestibular 2023?

Comissão de
heteroidentificação

A comissão vai analisar a autodeclaração dos candidatos pretos e pardos a fim de evitar possíveis casos de fraudes, principalmente relacionados ao critério étnico-racial. A análise vai usar critérios exclusivamente fenotípicos.

A comissão será composta de um docente, um servidor técnico-administrativo, um aluno de graduação e um aluno de pós-graduação, ambos indicados pela Coligação dos Coletivos Negros da USP, e um representante da sociedade civil. Todos terão, preferencialmente, experiência comprovada em procedimentos de heteroidentificação ou ser especialistas na temática da igualdade racial.

Poderão confirmar matrícula somente os candidatos aprovados pelas bancas de heteroidentificação. Saiba mais no Guia da Heteroidentificação.

Alterações na forma de classificação dos aprovados

Agora, todos os candidatos concorrerão, primeiramente, às vagas destinadas à Ampla Concorrência (AC). Os candidatos que, independentemente da renda, cursaram integralmente o Ensino Médio em escolas públicas brasileiras também poderão concorrer às vagas destinadas à Política de Ação Afirmativa Escola Pública (EP). Da mesma forma, os candidatos autodeclarados pretos, pardos e indígenas que, independentemente da renda, tenham cursado integralmente o Ensino Médio em escolas públicas brasileiras poderão, caso desejem, concorrer também às vagas destinadas à Política de Ação Afirmativa Pretos, Pardos e Indígenas (PPI).

Dessa forma, serão preenchidas primeiramente as vagas para Ampla Concorrência, depois as vagas para Escola Pública, seguindo os critérios para essas vagas, e só depois as vagas para PPI.

Novo sistema de ingresso
Enem-USP

O Enem USP é uma nova forma de operacionalizar a convocação dos alunos que desejam aproveitar a sua nota do Enem para ingressar na USP: em vez de colocarem a nota no Sisu, como era anteriormente, basta fazer a inscrição pelo site da Fuvest. A própria USP fará o gerenciamento dessas chamadas, para que a matrícula dos ingressantes pelo vestibular e pelo Enem seja no mesmo dia.

O Edital ainda será liberado e a taxa será de R$ 10. A inscrição poderá ser feita pelo site da Fuvest até janeiro de 2023. Porém, aqueles já inscritos no vestibular da Fuvest e autodeclarados pretos, pardos e indígenas; os que cursaram integralmente o ensino médio em escolas públicas; vulneráveis socioeconômicos ou cadastrados no Cadúnico, serão isentos dessa taxa. Acompanhe o site www.fuvest.br para saber mais.

Informações importantes para o dia da prova

Quando

  • Dia 4 de dezembro, domingo
  • Às 13 horas, horário de Brasília
  • Portões abrem às 12 horas e fecham às
    13 horas
  • Duração da prova: 5 horas
  • Saída  permitida a partir das 16 horas

Local de prova

  • Acesse a Área do Candidato no site da Fuvest
  • https://app.fuvest.br/login
  • É preciso informar e-mail ou CPF e a senha
  • Visite o local da prova com antecedência e calcule o tempo necessário de deslocamento

Como será a prova

  • 90 questões interdisciplinares 
  • Disciplinas: biologia, física, geografia, história, inglês, matemática, português e química 
  • Teste de múltipla escolha, com cinco alternativas, das quais apenas uma é correta

O que é obrigatório

  • Documento de identidade original
  • Caneta azul
  • Máscara facial

O que posso levar

  • É permitido o uso de lápis ou lapiseira para rascunho, além de borracha, apontador e régua transparente
  • Água e alimentos leves

O que é proibido

Orientações de biossegurança

Confira as recomendações para o dia da prova que também estão disponíveis no Manual de Biossegurança da Fuvest 2023, neste link

Orientações gerais

A Fuvest orienta que o candidato fique em casa se tiver diagnóstico de covid-19, e o dia da prova for dentro do período de 5 dias após a confirmação diagnóstica, ou se for um caso suspeito da doença

Comprovante de vacinação: o candidato deverá trazer no dia da prova o comprovante da vacinação para covid-19 em modo impresso ou digital (não será exigida, nesta primeira fase, a comprovação da 3ª e da 4ª dose, a depender da faixa etária do candidato)

O uso de máscara facial bem ajustada ao rosto será obrigatório durante todo o período de aplicação do exame

No local de prova

Na entrada:
  • evite aglomerações
  • dirija-se imediatamente à sala de aplicação
  • evite ficar no corredor
  • evite conversas desnecessárias com outros candidatos ou colaboradores
  • mantenha distância segura dos outros candidatos e colaboradores
Na sala:
  • evite contato físico: mostre seu documento oficial com foto para o fiscal da sala
  • evite trânsito desnecessário pela sala de prova: identifique a sua carteira e sente-se

Durante a prova

A alimentação está proibida dentro da sala de prova: o candidato deverá pedir permissão ao fiscal, que o colocará próximo à porta da sala, do lado externo. O consumo de líquidos é liberado na sala: é recomendado levar uma garrafa de água abastecida

Será feito o reconhecimento facial, quando um fiscal da Fuvest passa com um tablet ou celular para fazer o processo e será pedido que o candidato retire a máscara por alguns segundos

Para o uso do banheiro, deverá ser pedida permissão ao fiscal

Como acompanhar o desempenho na prova

Correção da prova com transmissão pelo Canal USP

A partir das 20 horas do domingo, 4 de dezembro, os candidatos que realizarem a prova da primeira fase da Fuvest poderão acompanhar a correção ao vivo realizada pelos professores do curso pré-vestibular MedEnsina (não se trata de uma correção oficial ou gabarito da Fuvest). A transmissão será pelo Canal USP no Youtube e pela Rádio USP na internet neste link ou na frequência 97,3 FM em São Paulo e 107,9 FM em Ribeirão Preto. No Youtube, inscreva-se no canal e ative o sininho para ser avisado.

Durante a transmissão, representantes da diretoria executiva da Fuvest vão fazer um balanço do dia de provas enquanto os professores do cursinho se preparam para a correção. Eles começam a análise assim que a Fuvest libera as provas, horário que pode variar, e vão entrando na transmissão conforme as equipes de cada disciplina termina a correção.  

Esteja sempre atento ao site da Fuvest

Os gabaritos da 1ª fase e os cadernos de prova são divulgados no site www.fuvest.br. É lá que também será publicada a lista de aprovados da primeira fase, no dia 16 de dezembro.

As provas da 2ª fase devem acontecer nos dias 8 e 9 de janeiro de 2023.

Atenção: para os aprovados no vestibular 2023, a USP vai continuar exigindo a apresentação do comprovante do esquema vacinal completo e doses de reforço da vacinação contra a covid-19

Leituras obrigatórias

O vestibular da Fuvest exige ao todo nove livros de leitura obrigatória que são representativos dos diferentes períodos das literaturas brasileira e portuguesa e integram o conteúdo da prova de Português. Para ajudar no entendimento dessas obras, matérias especiais do Jornal da USP apresentam análises de especialistas em literatura da Universidade. Confira os vídeos abaixo sobre os livros da Fuvest 2023:

Ainda tem dúvidas? Acesse o manual do candidato

O manual do candidato é o documento oficial do vestibular. Lá estão todas as regras e informações que você precisa para fazer todo o processo do exame e se tornar o mais novo estudante da USP. Para conferir o Manual clique aqui.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.