Brasil Latino: Fábia Veçoso e as intervenções na América Latina

O continente latino-americano sofreu, ao longo do tempo, intervenções dos Estados Unidos sob o pretexto de derrubar governos corruptos e autoritários em nome da democracia. O que diz o direito internacional sobre isso?

Por - Editorias: - URL Curta: jornal.usp.br/?p=342217

Brasil Latino: Fábia Veçoso e as intervenções na América Latina
Brasil Latino

 
 
00:00 / 54:38
 
1X
 

Muitos países da América Latina e do Caribe sofreram intervenções militares de nações europeias e, principalmente, dos Estados Unidos. Desde a Independência, são vários os casos de desembarque de tropas militares estrangeiras sob o pretexto de proteger seus cidadãos ou mesmo o de afastar governos supostamente autoritários e corruptos. Tudo em nome da democracia.

Afinal, o que diz o direito internacional em relação a esse tipo de atuação das potências? Já no século 19, os Estados Unidos desenvolveram a Doutrina Monroe para justificar sua presença em territórios independentes e, assim, defender seus interesses econômicos. No século 20, esse modelo foi reinterpretado com a Guerra Fria, transformando o poderio militar e econômico em armas contra governos desobedientes aos mandamentos de Washington. Com isso, golpes de Estado foram intensamente promovidos no continente, resultando em ditaduras militares extremamente violentas. Já no século 21, a justificativa das potências para invadir ou promover desestabilizações de governos hostis é amparada em “crises humanitárias” e a defesa dos direitos humanos. Venezuela e Cuba são exemplos desse novo modelo de atuação imperialista.

Para debater essa trajetória de intervenções, golpes e desestabilizações políticas na América Latina e o papel dos organismos multilaterais como a Organização dos Estados Americanos (OEA), o Brasil Latino entrevista a jurista Fábia Veçoso. Com mestrado e doutorado na Faculdade de Direito da USP, ela faz atualmente pós-doutorado em Direito Internacional na Universidade de Melbourne, na Austrália.


Brasil Latino

O Brasil Latino vai ao ar toda segunda-feira, às 17h, pela Rádio USP FM 93,7Mhz (São Paulo) e Rádio USP FM 107,9 (Ribeirão Preto). As edições do programa estão disponibilizadas em @brlatino, nos podcasts do Jornal da USP (jornal.usp.br) e nos agregadores de áudio como Spotify, iTunes e Deezer.

. 

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.