Brasil Latino: Ana Paula Iacovino e o café na economia latino-americana

“Vamos tomar um café?” O convite é comum entre os brasileiros e também para muitos povos. Afinal, qual é a história e a importância do café para a América Latina?

Por - Editorias: - URL Curta: jornal.usp.br/?p=343995

Brasil Latino: Ana Paula Iacovino e o café na economia latino-americana
Brasil Latino

 
 
00:00 / 54:15
 
1X
 

Esta edição do Brasil Latino traz uma entrevista com a economista Ana Paula Iacovino. Ela tem doutorado no Programa de Pós-Graduação Integração da América Latina (Prolam) da USP e é especialista em Economia Social e Desenvolvimento pela PUC-SP. Professora de instituições universitárias, Ana Paula escreveu, entre outros livros, O café na América Latina e O pequeno produtor de café no Brasil e na Colômbia: necessidade do mercado ou necessidade social?

Na entrevista, ela fala das origens do café no Brasil e em outros países latino-americanos e como essa atividade agrícola ganhou importância econômica a ponto de ser chamado de “ouro negro” em determinadas épocas da história. Em nosso país o café entrou pela região Norte, vindo das Guianas. Depois, foi se expandindo até encontrar um grande potencial de crescimento no Sudeste.

O café brasileiro ganhou mais recentemente um grande competidor no mercado internacional, a Colômbia, cuja expansão se deveu principalmente à oferta de uma alternativa aos agricultores locais que viviam da plantação da folha de coca.

O café também tem um aspecto cultural importante na medida em que serve como elemento de socialização e confraternização entre as pessoas. Convidar para um café é sinal de proximidade e amizade.


Brasil Latino

O Brasil Latino vai ao ar toda segunda-feira, às 17h, pela Rádio USP FM 93,7Mhz (São Paulo) e Rádio USP FM 107,9 (Ribeirão Preto). As edições do programa estão disponibilizadas em @brlatino, nos podcasts do Jornal da USP (jornal.usp.br) e nos agregadores de áudio como Spotify, iTunes e Deezer.

. 

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.