Programa Eu na USP Jr aproxima os estudantes do ensino fundamental da Universidade

Durante os dias 1º a 5 de fevereiro, a USP recebeu 420 estudantes de 5ª a 8ª séries do ensino fundamental de escolas públicas e particulares para participarem da segunda edição do Programa Eu na USP Jr, desenvolvido pela Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária, com coordenação geral do Museu de Ciências da Universidade e participação das Unidades e dos Órgãos da USP.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail
No show de Física, realizado no Instituto de Física, em São Paulo, os alunos aprenderam, de forma lúdica, importantes conceitos de ciências. (Foto: Fabio Henrique de Souza)

Durante os dias 1º a 5 de fevereiro, a USP recebeu 420 estudantes de 5ª a 8ª séries do ensino fundamental de escolas públicas e particulares para participarem da segunda edição do Programa Eu na USP Jr, desenvolvido pela Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária, com coordenação geral do Museu de Ciências da Universidade e participação das Unidades e dos Órgãos da USP.

O objetivo é fazer com que alunos do ensino fundamental possam vivenciar a atmosfera científica e cultural da USP, por meio de um programa que lhes permita conhecer as atividades e instalações da Universidade, auxiliando-os a construir seus projetos de vida. Ele é composto por módulos e projetos. Os módulos têm o intuito de introduzir o educando no universo de até cinco áreas do conhecimento. As 420 vagas oferecidas nesta segunda edição, na primeira eram 375, foram distribuídas entre os sete campi da USP. Foram 150 para os módulos em São Paulo, 75 para Ribeirão Preto, 30 para Bauru, 30 para Piracicaba, 60 para Pirassununga, 45 para São Carlos e 30 vagas para Lorena. No campus de São Paulo, por exemplo, foram oferecidos dois módulos, e nos outros, um módulo.

Na Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA), no campus de Pirassununga, os estudantes conheceram como a saúde dos animais, como búfalos (foto), pode influenciar a qualidade dos alimentos (Foto: Jornal Jovem)

Cada área preparou atividades que cobriram o período de um dia, nos horários das 8h às 17h. Cada atividade do módulo foi coordenada por dois especialistas, sendo um coordenador docente, um vice-coordenador docente ou funcionário de nível superior da USP, e apoiada por três monitores alunos da USP. Os alunos foram distribuídos em turmas, contendo cada uma 15 alunos e supervisionadas pelos monitores.A realização do Eu na USP Jr é uma oportunidade de colocar a universidade no imaginário dos estudantes de ensino fundamental despertando-lhes a curiosidade pelo conhecimento em diversas áreas.

“Não temos, a toda hora, a oportunidade de vir a uma universidade para ver como é. Todo mundo tem a curiosidade, todo mundo quer ver como é que funciona, como é aqui dentro, como são os campus, então foi uma experiência muito legal!…Deve ser muito legal estudar numa universidade”, afirma a aluna da escola José Martins de Toledo, da cidade de Piracicaba, Bárbara de Almeida Constantino, 14 anos.

Teatro, música (foto) e artes visuais. Os estudantes conheceram estas três áreas artísticas nos Departamentos de Artes da Escola de Comunicação e Artes (ECA), no campus de São Paulo (Foto: ECA)

Para a aluna da escola Educat, da cidade de Lorena, Maria Clara Martins de Souza, 15 anos, a participação nas atividades do Eu na USP Jr. propicia aos alunos elementos básicos para a escolha da futura profissão. “Eu achei super interessante porque a gente conhece alguns tipos de engenharia, algumas experiências, e a gente tem noção no que as pessoas dessa área trabalham. É legal pra gente saber se é isso mesmo que a gente vai querer fazer. Muito interessante conhecer uma universidade, ainda mais a USP”, revela.Esta segunda edição teve 1300 inscrições, na primeira, realizada em julho de 2009, foram cerca de 730 inscrições.

Segundo a diretora do Museu de Ciências, professora Elisabete de Santis Braga da Graça Saraiva, o Programa ajuda a desenvolver a popularização da ciência. Ela adianta que, para a terceira edição nas férias de julho, serão oferecidas mais vagas, pois muitas Unidades da USP, como a Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ), o Hospital Universitário e a Escola de Educação Física e Esporte (EEFE) já demonstraram interesse em fazer parte das atividades.

(Com informações do Jornal Jovem – www.jornaljovem.com.br)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados