Cientista político comenta a irreversibilidade da Operação Lava Jato

Álvaro Moisés: “A Operação Lava Jato está funcionando com base na integração de algumas instituições muito importantes”

Rio de Janeiro - A Polícia Federal e a Receita Federal deflagraram nesta manhã os trabalhos da 30ª fase da Operação Lava Jato, a operação Vício. Na foto carros da Polícia Federal chegam com malotes e computadores na sede da polícia, região portuária do Rio (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Polícia Federal na Operação Lava Jato – Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

A Operação Lava Jato é o tema da coluna semanal do professor José Álvaro Moisés, que comenta  ações recentes e infrutíferas de políticos no sentido de tentar barrar a continuidade das investigações. Ele entende que a operação, que tão efetiva tem se mostrado, já não pode ser bloqueada por qualquer ação externa.

Segundo o cientista político, a Polícia Federal foi, proporcionalmente, ganhando autonomia no Brasil, a ponto de hoje não ser mais uma polícia de governo, e sim de Estado, com plena e total liberdade para agir, independentemente de quem estiver no Poder.

 

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •