Ferramenta simula e compara gastos em políticas públicas na área de educação

A ferramenta tem como público-alvo estudantes, pesquisadores e gestores de políticas públicas

Por - Editorias: Ciências Humanas
Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Davoud Taghawi-Nejad, pesquisador do Centro de Estudos da Metrópole (CEM), desenvolveu uma ferramenta on-line capaz de simular cenários de financiamento em políticas públicas na área da educação.  Para testar as políticas que buscam aumentar a igualdade na distribuição de serviços na área, o pesquisador criou um Agent-Based Model (ABM) que simula os gastos com educação nos níveis nacionais, estaduais e municipais.

O CEM é uma instituição de pesquisa em ciências sociais que investiga temáticas relacionadas a desigualdades e à formulação de políticas públicas nas metrópoles contemporâneas. Sua sede fica na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP e no Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap).

O simulador faz parte do projeto de pós-doutorado de Taghawi-Nejad e teve financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). A ferramente pode ser acessada livremente pelo site do CEM, neste link.

Mais informações:  site http://www.fflch.usp.br/centrodametropole

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados