USP Analisa #7: Diagnóstico rápido e isolamento social são estratégias importantes para conter coronavírus

A continuação da série especial sobre coronavírus traz mais dados sobre o tratamento da covid-19 em hospitais, os avanços da ciência brasileira, e indica fontes confiáveis para se informar sobre a doença

Por - Editorias: - URL Curta: jornal.usp.br/?p=310136

USP Analisa #7: Diagnóstico rápido e isolamento social são estratégias importantes para conter coronavírus
USP Analisa

 
 
00:00 / 19:57
 
1X
 

Hoje o podcast USP Analisa apresenta a segunda parte da conversa com o professor Benedito Antônio Lopes da Fonseca, da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP, sobre a pandemia do novo coronavírus. Neste episódio, o especialista discute quais as principais formas de contenção da doença e como a ciência brasileira está atuando no combate ao vírus.

Fonseca ressalta que não existe ainda uma vacina contra o SARS-CoV-2, tampouco um medicamento eficaz contra ele neste momento. Por isso, a melhor alternativa é evitar sair às ruas. Caso um indivíduo apresente algum quadro respiratório, como um resfriado, ele será recomendado a voltar para casa e ficar em isolamento social: “Só serão atendidos no hospital o paciente que tiver uma manifestação clínica grave, porque temos uma infraestrutura adequada no Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto para atendê-los, porém, ela é limitada. As pessoas com quadros muito graves deverão ser encaminhadas para os Centros de Tratamentos Intensivos”. Ainda segundo o médico, os profissionais do sistema de saúde brasileiro estão preparados para aplicar as estratégias recomendadas de contenção da doença.

Outro tópico abordado no podcast foi a disseminação de notícias falsas a respeito do novo coronavírus, e Fonseca recomenda que a população procure se informar por mídias confiáveis e também as fontes oficiais do seu município ou estado. O Ministério da Saúde lançou recentemente um aplicativo que fornece todas as informações necessárias à população em seu site.

A ciência brasileira também tem sido transparente em relação a suas descobertas. Um exemplo foi o sequenciamento do genoma do novo coronavírus, feito por pesquisadoras da USP. O professor considera isso um importante feito rumo à produção de uma eventual vacina, mas lembra que “para uma vacina ser aprovada, ela precisa passar por várias etapas, e isso é um processo demorado, que às vezes dura anos, então não podemos esperar que teremos uma vacina tão logo. Por isso, o mais importante agora é ter acesso ao diagnóstico rapidamente”.

Saiba mais ouvindo o podcast USP Analisa na íntegra.


USP Analisa
O USP Analisa Vai ao ar pela Rádio USP às quartas-feiras, às 18h05, com reapresentação aos domingos, às 11h30, e também está disponível nos principais agregadores de podcast. O programa é uma produção conjunta da Rádio USP Ribeirão Preto (107,9 MHz) e do Instituto de Estudos Avançados Polo Ribeirão Preto (IEA-RP) da USP. Apresentação e edição: Thaís Cardoso. Produção: João Henrique Rafael Junior. Coordenação: Rosemeire Talamone. 

 

.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.