Variações genéticas não justificam subdividir raça humana em categorias

Raça humana é uma só, não podendo ser dividida em subcategorias biologicamente distintas, enfatiza Mayana Zatz

  • 267
  •  
  •  
  •  
  •  

Nesta edição de Decodificando o DNA, Mayana Zatz continua a falar sobre o Biobanco do Reino Unido, que reúne dados genéticos e de saúde detalhados de cerca de meio milhão de pessoas. Ela explica como este banco pode ser aproveitado em pesquisas brasileiras, como as que ela conduz.

Outro assunto comentado pela geneticista é um tema antigo e que já deveria ter sido superado, mas infelizmente volta periodicamente à cena com episódios de racismo. Embora existam variações genéticas entre diferentes grupos étnicos, a ciência já demonstrou que a raça humana não pode ser dividida em subcategorias biologicamente distintas. Esta afirmação, que Mayana endossa, foi feita na reunião anual da Sociedade Americana de Genética, expressando preocupação com o fato de que pesquisas genéticas vêm sendo usadas erroneamente para justificar a discriminação.

Ouça detalhes com a professora do Departamento de Genética e Biologia Evolutiva do Instituto de Biociências (IB) da USP clicando no áudio acima.

  • 267
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados