Será que você é viciado em redes sociais?

Luli Radfahrer comenta como ambientes virtuais têm influenciado a vida das pessoas

As redes sociais viciam. Elas trabalham para desenvolver em seu usuário uma dependência psíquica semelhante à dependência química. É sabido que vários profissionais da psicologia e da neurociência desenvolvem no ambiente das redes sociais formas de ampliar a dependência psíquica e, consequentemente, prender o usuário à rede.

O grande problema hoje é que há uma dependência de reações nas redes, cada vez maior, para gerar prazer ao usuário. Para a rede social, é um grande negócio, e, para o indivíduo, uma grande preocupação.

O primeiro passo é perceber que existe um problema. Se as redes sociais estiverem alterando a rotina do usuário, de forma a prejudicar seus compromissos, é importante verificar o nível de dependência e procurar gerenciá-la.

 

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.