Falta de preparação é a maior causa de lesões musculares

Torção de tornozelo é a lesão mais comum entre os praticantes de atividades físicas

  • 8
  •  
  •  
  •  
  •  

O Saúde sem Complicações desta semana fala sobre lesões esportivas com o convidado Marcello Teixeira Castiglia, médico ortopedista do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da USP e especialista em Medicina Esportiva, Cirurgia do Joelho e Trauma do Membro Inferior e Cirurgia do Ombro e Cotovelo.

Castiglia conta que existem diversos tipos de lesões relacionadas ao esporte, mas que o problema em reconhecer as mais frequentes está na automedicação, “geralmente as pessoas só procuram os hospitais quando têm uma torção no tornozelo ou alguma lesão muscular mais grave”.  

Para evitar as lesões, Castiglia diz que é necessário ter uma boa estrutura muscular e cita como exemplo os jogadores de futebol, que necessitam de um “treinamento próprio para hipertrofia, pois o músculo protege o joelho e outras estruturas de uma possível lesão”. E adverte que “quanto mais uma lesão aumenta, maior é a chance dela gerar problemas no fim da vida”.

O programa da Rádio USP é produzido e apresentado pela locutora Mel Vieira, com trabalhos técnicos de Mariovaldo Avelino e Luiz Fontana e direção de Rosemeire Talamone.

Toda a população está convidada a participar do Saúde sem Complicações, tirando dúvidas sobre saúde ou encaminhando sugestões de assuntos para novas discussões pelo e-mail imprensa.rp@usp.br. 

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 8
  •  
  •  
  •  
  •