No Carnaval, excesso de maquiagem pode fazer mal aos olhos

Coceira, irritação, sensação de areia nos olhos são alguns dos sinais emitidos de que algo não está bem, diz especialista

  • 2
  •  
  •  
  •  
  •  

Na coluna Fique de Olho desta semana, o professor Eduardo Rocha fala sobre os cuidados com os olhos no período de Carnaval. O professor fala que, nessas comemorações, “as pessoas investem nas fantasias e, principalmente, nas maquiagens, capricham nos glitters, tintas, rímel, lentes de contato coloridas e outros produtos em excesso, principalmente na região dos olhos”.

Rocha destaca que o uso desses materiais deve ser tratado com extremo cuidado: “Afinal, o desconforto ocular precisa ser aliviado imediatamente se alguns desses produtos estiver dando coceira, sensação de areia, irritação ou embaçamento da visão”.

O professor destaca que os cuidados também devem ocorrer da mesma forma para aquelas pessoas que vão estar próximas da água, do sol ou em atividades como churrasco. “É preciso ter noção de que os raios ultravioleta e o calor excessivo podem gerar desconforto, irritação e olho vermelho”, e destaca ainda que alguns produtos colocados no rosto podem acabar escorrendo para os olhos.

Como recomendação para os foliões, Rocha diz que “os olhos, quando apresentam qualquer desconforto, estão avisando para seus donos de que algo não está certo; na dúvida, lave-os com água fria e filtrada e, acima de tudo, repouse os olhos até o desconforto passar”.

Ouça acima na íntegra a coluna Fique de Olho.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 2
  •  
  •  
  •  
  •