Em retrospectiva, 2017 foi um ano agitado política e economicamente

Para o colunista André Singer, o ano terminará com um quadro preocupante de criminalidade

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O ano está acabando, e é hora de se olhar para trás e pensar no que ocorreu ao longo de 2017. Foram diversos acontecimentos marcantes, como rebeliões e massacres em presídios; uma retomada da economia, ainda que lenta; e as altas taxas de impopularidade do governo Temer. André Singer também traça um breve panorama das eleições do próximo ano. Ele acredita que a crise terá prosseguimento em 2018.

Para ouvir essa análise retrospectiva do ano de 2017, clique no link acima e ouça a coluna Poder e Contrapoder, do cientista político André Singer.

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados