Ex-estudante da USP vence competição da BBC

Roteiro de rádio do ex-aluno da ECA Péricles Silveira foi o melhor na categoria Inglês como Segunda Língua

Por - Editorias: Cultura
Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail
arte da radio play premiada, feita por Jacob Philips
Arte da radio play premiada, feita por Jacob Philips

Péricles Silveira jamais tinha saído do Brasil. Nunca tinha escrito mais do que algumas folhas em uma língua estrangeira. Jamais havia feito um roteiro para rádio. Nada disso, porém, impediu o brasileiro de desbancar concorrentes de mais de 112 países para vencer a vigésima quinta edição da International Radio Playwriting Competition 2016 na categoria English as a Second Language — Inglês como Segunda Língua. A competição de radiodramaturgia, organizada pela emissora britânica BBC e pela British Council, teve mais de 1.000 inscritos.

O roteiro de Silveira, intitulado The Day Dad Stole a Bus (O dia em que papai roubou um ônibus, em tradução livre) tem como pano de fundo um subdistrito de Mariana, interior de Minas Gerais, que sofreu com o maior desastre ambiental do País, em novembro de 2015.  A adaptação para o rádio foi dirigida pela experiente Marion Nancarrow e teve como atores principais Stephen Tompkinson, Wunmi Mosaku e Matthew Marsh.

Sobre a história, o ex-aluno sintetiza: “O pai de Nayara quer que ela conheça a casa de sua avó em Bento Rodrigues, anos após o rompimento da barragem que destruiu a vila”, explica. “Mas por que ele roubou um ônibus para levá-la até lá? E por que as coisas continuam desaparecendo? A história começou com duas perguntas: devemos esquecer eventos dolorosos que aconteceram? E como manter viva a memória de um lugar que não existe mais?”, completa o roteirista.

Para Péricles Silveira, o mais importante na construção do roteiro "foi estruturar bem os eventos na dramaturgia, antes de começar a escrever as cenas e os diálogos”
Para Péricles Silveira, o mais importante na construção do roteiro “foi estruturar bem os eventos na dramaturgia, antes de começar a escrever as cenas e os diálogos”

Formação
Interessado em “contar boas histórias”, Silveira se formou no Curso Superior de Audiovisual da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP, em 2015. Trabalhando como roteirista e dramaturgo free-lancer para cinema, TV, rádio e teatro, o ex-graduando coloca a capacitação para “atuar em diferentes mídias” como um dos bons pontos do curso da ECA.

Além da graduação, ele aponta também duas outras experiências como fundamentais para a sua formação: o curso técnico-profissionalizante do Teatro-Escola Célia Helena e o Núcleo de Dramaturgia Sesi-British Council. “A junção das três experiências foi fundamental para o desenvolvimento da conexão do público com os personagens e para estruturar dramaturgias que provoquem reflexão sobre o mundo contemporâneo”, explica Silveira. Para ele, no processo de criação do roteiro “o mais importante foi estruturar bem os eventos na dramaturgia, antes de começar a escrever as cenas e os diálogos”.

Londres

20170102-PrêmioBBC2
Silveira e Joanne Gutknect, vencedora da categoria Inglês como Primeira Língua, em Londres

Além de um prêmio em dinheiro e o seu roteiro veiculado pela BBC, o ex-aluno da USP também teve a oportunidade de acompanhar a gravação da radio play em Londres. “Além disso, eles me mantiveram bem ocupado. Durante a viagem fiz um workshop com dois dos principais roteiristas de rádio da BBC, Lin Coghlan e Sebastian Baczkiewicz, compareci à premiação dentro da Commonwealth Foundation na Marlborough House e pude assistir a uma peça no West End por cortesia do British Council”, conta.

The Day Dad Stole a Bus
A estreia da radio play na BBC World Service aconteceu no dia 21 de janeiro e teve direito a reprise no dia seguinte. Logo após a estreia, Silveira já teve contato direto com a repercussão de seu trabalho. “A melhor parte de ter a radio play transmitida pela BBC World Service foi receber mensagens e comentários de pessoas do Brasil, do Reino Unido, Chile, Canadá, Holanda, Cuba, Itália e até da China, dizendo que gostaram da história”, ressalta.

A radiodramaturgia, que tem 53 minutos de duração, ficará no ar por tempo limitado, disponível no site da BBC.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados