USP em Ribeirão Preto busca voluntárias para estudo de sobrepeso

Estudo busca avaliar a associação da ocitocina com a perda de peso; participantes devem ir ao Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto para aferição das medidas nutricionais, coleta de sangue e preenchimento de tarefas e questionários

Por
Voluntárias precisam estar em idade fértil, ter mais de 18 anos, não ter doenças físicas graves ou mentais, não estar grávida ou lactante e estar com sobrepeso ou obesidade- Foto: Artem Oleshko / 123RF

 

Pesquisadores do Programa de Pós-Graduação em Saúde Mental da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP buscam voluntárias para estudo sobre como o uso da ocitocina, que é um hormônio produzido no cérebro, pode auxiliar na perda de peso.

Para participar, é preciso ser mulher, estar em idade fértil (não estar no período de pré ou pós-menopausa), ter mais de 18 anos, não ter doenças físicas graves ou mentais, não estar grávida ou lactante e estar com sobrepeso ou obesidade com Índice de Massa Corporal (IMC) maior que 25.

+ Mais

Maior sedentarismo e piora na alimentação aumentam índice de obesidade no Brasil

As voluntárias devem passar por uma entrevista diagnóstica e depois deverão comparecer ao Laboratório de Psicofarmacologia do Hospital das Clínicas da FMRP (HCFMRP) para aferição das medidas nutricionais, coleta de sangue e preenchimento de tarefas e questionários. Além disso, a participante receberá instruções para usar a ocitocina e deverá retornar quinzenalmente ao HCFMRP para nova avaliação de medidas.

Coordenado pela professora Flávia de Lima Osório, o estudo faz parte da iniciação científica de Larissa Alves de Lima e integra o projeto de pesquisa sobre a associação entre ocitocina e o transtorno da personalidade borderline da doutoranda Brisa Burgos.

Mais informações sobre como participar: (16) 98119-0611

Como calcular o IMC

O Índice de Massa Corporal (IMC) é usado para avaliar se a pessoa está no peso ideal em relação à altura. O cálculo é a divisão do peso do paciente pela altura elevada ao quadrado.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.