Marisa Midori apresenta em março série sobre os grandes tipógrafos editores

O primeiro deles é William Morris, que ganhou um livro publicado pela Ateliê Editorial, com edição e introdução de Gustavo Piqueira

A Coluna Bibliomania vai trazer durante o mês de março os grandes tipógrafos editores, que tiveram contribuições marcantes na história do livro, desde os tempos de Gutenberg até a contemporaneidade. Marisa Midori abriu a série, no dia 13 de março, com William Morris (1834-1896), que traz também uma novidade editorial. “William Morris: Sobre as Artes do Livro é uma belíssima edição, recentemente publicada pela Ateliê Editorial, com edição e introdução de Gustavo Piqueira”, informa.

A professora ainda conta um pouco da trajetória de William Morris, um artista múltiplo, com formação em estudos clássicos pela Universidade de Oxford, foi romancista e se destacou no movimento artístico britânico Arts & Crafts, onde atuou na área do design, entendida, como ela diz, de maneira muito ampla, desde desenhos de móveis, papéis de parede e outros. Segundo Marisa, ele descobre a edição em 1888, já no final da vida, atuando de forma muita intensa e “faz história na Kelmscott Press, que foi a editora, a tipografia, o ateliê, o grande armazém de ideias que ele fundou em 1891”.

Para Marisa, o livro recém-lançado faz jus às edições de William Morris, “que eram edições de um primor artístico elevadíssimo”. Segundo ela, ele desenvolveu seus próprios tipos, fabricou os papéis e a própria tinta, pensando em toda a cadeia produtiva do livro. A obra, que acaba de ser publicada, traz escritos originais de Morris, estudos sobre livros iluminados, ilustrações dos livros impressos, entre outros.

Ouça no link acima a íntegra da coluna Bibliomania.


Bibliomania
A coluna Bibliomania, com a professora Marisa Midori, vai ao ar toda sexta-feira às 9h00, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.