Atividade física complementa o tratamento do tabagismo

“Ao parar de fumar, os efeitos já são sentidos em algumas horas: por exemplo, o olfato melhora e as papilas gustativas se regeneram; a pessoa sente mais sabor e come mais”, afirma o professor José Carlos Farah

 Publicado: 14/05/2024
Por

Logo da Rádio USP

Na coluna Corpo e Movimento desta semana o professor José Carlos Farah fala da relação da atividade física com o tabagismo. Para ele, a relação é direta entre os benefícios da prática da atividade física e o parar de fumar. “O tabagismo é um problema sério. Segundo a Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo, o tabagismo é responsável por 90% das mortes por câncer de pulmão, 25% dos infartos do miocárdio, 85%das mortes por doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), 25% dos óbitos por derrame cerebral e boa parte das úlceras do estômago e impotência sexual masculina. Todas as pessoas, fumantes ou não, sabem dos prejuízos que o cigarro traz à saúde. O fumante tem o risco aumentado de desenvolver vários tipos de câncer, a hipertensão arterial, o aumento da frequência cardíaca em repouso, o enrijecimento das artérias, redução da oxigenação sanguínea, fazendo com que os tecidos dos pulmões percam elasticidade. O tabagista ou fumante tem queda significante nas condições de saúde. Os efeitos benéficos da prática da atividade física se contrapõem a esses efeitos”, afirma.

Quanto ao fato de o fumante parar de fumar e engordar, o professor Farah diz ser verdade. “É uma das causas, ao se parar de fumar os efeitos já são sentidos em algumas horas: por exemplo, o olfato melhora e as papilas gustativas se regeneram. A pessoa sente mais sabor e come mais.” É por isso que o professor aconselha atividade física para complementar o tratamento. “A atividade física é uma aliada poderosa. Há uma associação direta em fumar e sentir prazer. Muito parecido com o prazer de praticar atividade física, seja ela qual for. A prática libera hormônios relacionados à sensação de bem-estar. E lembro que, naquele tempo que dedicamos à pratica da atividade física, não estamos fumando, já é um grande começo. Como já dito em colunas anteriores, a disposição para mudança de hábitos é muito importante. No caso do fumante, envolve a dependência, que é muito mais complexa. Talvez as pessoas precisem de ajuda. Acho que temos que começar a rever alguns valores. Friso que a prática da atividade física proporciona o bem-estar e a sensação de prazer. Devemos ao menos tentar”, ressalta.


Corpo e Movimento
A coluna Corpo e Movimento, com o professor José Carlos Farah, vai ao ar quinzenalmente terça-feira às 8h30, na Rádio  USP (São Paulo 93,7 ; Ribeirão Preto 107,9) e também no Youtube, com produção da Rádio USP, Jornal da USP e TV USP. 

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.