Pesquisadores da USP e da Universidade Nova de Lisboa debatem sobre inteligência artificial e medicina de precisão

O evento é resultado de uma parceria para criar oportunidades para os pesquisadores se conhecerem, de forma a trocarem experiências e partilharem interesses para o desenvolvimento de projetos comuns

 Publicado: 07/06/2024
Por
Pesquisadores da USP e da Universidade Nova de Lisboa debatem sobre inteligência artificial e medicina de precisão - Foto: Marcos Santos/USP Imagens

A USP e a Universidade Nova de Lisboa promoveram, entre os dias 5 e 7 de junho, o Encontro USP/Nova sobre Inteligência Artificial e Medicina de Precisão. Trata-se do segundo encontro realizado pelas duas instituições como resultado de uma parceria estratégica firmada entre as duas instituições, que visam criar oportunidades para os pesquisadores se conhecerem, de forma a trocarem experiências e partilharem interesses, estimulando, assim, o desenvolvimento de projetos comuns.

“Temos investido em projetos que fomentem a internacionalização da Universidade para aprimorar a qualidade das pesquisas desenvolvidas e a formação de nossos alunos. Esse é o propósito de nossa relação com a Nova de Lisboa, que esta parceria seja duradoura. Queremos estender essa colaboração também para a criação de programas de mobilidade e oferecimento de disciplinas em conjunto”, destacou o reitor da USP, Carlos Gilberto Carlotti Junior.

Carlotti ressaltou a criação de dois centros de estudos ligados à Reitoria e dedicados aos dois temas discutidos no encontro, o Centro de Estudos de Tecnologias Convergentes para Oncologia de Precisão (C2PO) e Centro de Estudos de Inteligência Artificial e Aprendizado de Máquinas (CIAAM). Os Centros de Estudos da USP têm como principal característica a atuação multidisciplinar no ensino, na pesquisa e na extensão, com a possibilidade de atuação de pesquisadores e professores de diversas áreas, externos ou não à USP, do Brasil ou do exterior. Em sua estrutura, os centros contam com comitês gestores, conselhos consultivos e comissões temáticas.

Carlos Gilberto Carlotti - Foto: Cecília Bastos/USP Imagens
Carlos Gilberto Carlotti - Foto: Cecília Bastos/USP Imagens

O vice-reitor da Universidade Nova de Lisboa, João Amaro de Matos, afirmou que a “relação com a USP é primordial para o desenvolvimento estratégico de nossa instituição. Estamos fortalecendo laços de investigação em duas áreas estratégicas. Este evento representa a diversidade e a interdisciplinaridade da Nova de Lisboa. Temos relações muito antigas com o Brasil e, para mim, em particular, como uspiano que sou, voltar à casa-mãe é uma revitalização nesta etapa de minha carreira”.

João Amaro de Matos - Foto: Marcos Santos/USP Imagens
João Amaro de Matos - Foto: Marcos Santos/USP Imagens
No evento, que fez parte das comemorações dos 90 anos da USP, os pesquisadores tiveram a oportunidade de participar de grupos de trabalho para discutir possibilidades de projetos de cooperação e de paineis de discussão, em que o coordenador de cada grupo pôde compartilhar o conteúdo das discussões com os demais participantes. “A partir desse formato, as discussões se tornam mais ativas para a prospecção de cooperações futuras”, explicou o presidente da Agência USP de Cooperação Acadêmica Nacional e Internacional (Aucani), Sérgio Proença.

Em setembro de 2023, a primeira edição do encontro, realizada na cidade de Lisboa, foi dedicada ao tema da sustentabilidade.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.