Vantagens e desvantagens de se exercitar em grupo e individualmente

Em grupo, se desenvolvem competências sociais; individualmente, a liberdade de escolher o local e a hora para se exercitar

O que é mais prazeroso: fazer atividade física em grupo ou individualmente? As duas formas trazem inúmeros benefícios à saúde e proporcionam qualidade de vida às pessoas. Na coluna de hoje, o professor Farah mostra as vantagens de uma modalidade e da outra e recomenda que se experimente fazer exercício tanto sozinho quanto acompanhado, para  identificar o que proporciona mais retorno. Na atividade individual, ele destaca a vantagem se ter maior liberdade para escolha de espaço e horário para se exercitar sem depender de ninguém. Já em grupo, as competências sociais são mais bem exercitadas. Entrar em forma com os amigos é mais prazeroso, há maior comprometimento para execução da tarefa, motivação que se contrapõe à preguiça, e, dentro de um limite saudável, destaca até a competição que leva o indivíduo a superar obstáculos e desejar ser melhor do que o outro na atividade que faz em conjunto.

Ouça no player acima a íntegra da coluna Corpo e Movimento.

 

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.