Os grandes bilionários e a nova fase da imprensa norte-americana

Especialista comenta a compra do jornal “LA Times” e quais são as atuais mudanças do jornalismo nos EUA

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A coluna “Horizontes do Jornalismo” discute hoje a compra do jornal norte-americano LA Times, o qual hoje pertence ao bilionário da biotecnologia Patrick Soon-Shiong. A compra trata de mais uma transação milionária envolvendo um veículo de comunicação tradicionalmente familiar, como foi o caso do Washington Post, atualmente patrimônio de Jeff Bezos, dono da Amazon.

Para o professor Carlos Eduardo Lins da Silva, isso faz parte de uma mudança nos padrões da imprensa dos Estados Unidos e da crise estrutural pela qual passa o setor. “Bilionários começaram a comprar jornais, bilionários que não tinham nenhuma tradição de imprensa, e compraram por um preço muito abaixo do real valor da marca e do valor material que esses jornais tinham no século 20”, comenta. Segundo o professor, tal mudança pode ser vantajosa ou desvantajosa, é preciso que esses jornais sejam postos à prova para que se saiba o que prevalece, a visão jornalística e o interesse público ou o interesse dos empresários e acionistas.

Confira a coluna completa no player acima.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados