Mulheres paulistas se tornam mães mais tarde

Para Lúcia Mayumi Yazaki, o aumento da idade média das mães pode ser atribuído à busca por estabilidade emocional e financeira antes de assumir a responsabilidade de ter filhos

 Publicado: 15/05/2024
Por

Foto: Reprodução/Pixabay
Logo da Rádio USP

A Fundação Seade realizou um grande levantamento sobre a população feminina do Estado de São Paulo, com recortes de faixa etária, escolaridade, trabalho, renda, entre outros. O estudo mostrou que, entre 2010 e 2020, a faixa etária das mães paulistas reduziu entre as mulheres abaixo de 34 anos, e o número de mulheres que se tornaram mães após os 35 anos aumentou em 40%, o que corresponde a 21% dos nascidos vivos do Estado. O número de novas mães depois dos 40 anos também subiu em 64%, o que acompanha a tendência observada no resto do País.

Menos gravidez na adolescência

Segundo os dados, a taxa de gravidez na adolescência também caiu. Em 2021, 33 em cada mil jovens tiveram filhos, o que corresponde a 9% dos nascimentos do Estado no período. Para Lúcia Mayumi Yazaki, demógrafa e pesquisadora da Fundação Seade, a diminuição na gravidez na adolescência e o aumento da idade média das mães podem ser atribuídos à maior disseminação de informações sobre métodos contraceptivos, além da busca por estabilidade emocional e financeira antes de assumir a responsabilidade de ter filhos.

Ainda segundo o levantamento, entre as paulistas que foram mães em 2021, 77% eram naturais da cidade de São Paulo. A porcentagem restante ficou distribuída entre mulheres naturais da Bahia, Minas Gerais, Pernambuco, Alagoas, Paraná e outros países, sendo o principal destes a Bolívia.

*Sob supervisão de Cinderela Caldeira e Paulo Capuzzo


Jornal da USP no Ar 
Jornal da USP no Ar é uma parceria da Rádio USP com a Escola Politécnica e o Instituto de Estudos Avançados. No ar, pela Rede USP de Rádio, de segunda a sexta-feira: 1ª edição das 7h30 às 9h, com apresentação de Roxane Ré, e demais edições às 14h, 15h e às 16h45. Em Ribeirão Preto, a edição regional vai ao ar das 12 às 12h30, com apresentação de Mel Vieira e Ferraz Junior. Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 93.7, em Ribeirão Preto FM 107.9, pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo do Jornal da USP no celular. 


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.