Ranking classifica áreas de concentração da USP entre as melhores do mundo

O QS World University Rankings by Subject 2013 classificou 29 áreas de concentração da USP, do total das 30 avaliadas, entre as melhores do mundo.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

O QS World University Rankings by Subject 2013, elaborado pela  Quacquarelli Symonds, classificou 29 áreas de concentração da USP, do total das 30 avaliadas, entre as melhores do mundo.

Em quatro áreas de concentração, a Universidade ficou entre as 50 melhores do mundo: Agricultura e Silvicultura, na 24ª colocação; Filosofia, que subiu da 44ª para a 41ª; Estatística e Pesquisa Operacional, que passou do 48º para o 41º lugar; Educação, na 45ª colocação, e Comunicação e Estudos Midiáticos, que está no 48º lugar.  A USP foi classificada entre as 100 melhores do mundo em 26 áreas de concentração. Em duas áreas, a USP ficou entre as 150 melhores e, em uma delas, entre as 200 melhores do mundo.

O ranking, que está em sua terceira edição e foi divulgado no último dia 8 de maio, avaliou 2.858 universidades em todo o mundo e classificou 678 instituições, no total. As listas foram divididas em cinco grandes áreas: Artes e Humanidades, Engenharia e Tecnologia, Ciências da Vida e Medicina, Ciências Naturais e Ciências Sociais e Administração.

Em relação ao ano passado, apresentaram melhora as áreas de Línguas Modernas, Engenharia Mecânica, Medicina, Física e Astronomia, que passaram da 101-150ª colocação para ficar entre as 100 melhores do mundo; Ciências Biológicas e Farmácia e Farmacologia, que passaram da colocação 151-200 para 51-100;  e Direito (51-100ª colocação), que aparece pela primeira vez na lista.

A única área de concentração da USP que não obteve classificação no rol das 30 áreas avaliadas no ranking foi a de Contabilidade e Finanças.

Confira, na tabela a seguir, as classificações obtidas pela USP nas 29 áreas de concentração:

[table “38” not found /]

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados