Fisiologistas serão apresentados às modernas técnicas moleculares

Encontro será realizado de 2 a 7 setembro, na Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da USP

O modo como entendemos o funcionamento do nosso corpo é explicado por uma área da medicina chamada fisiologia. Até 1985, tecnologias como o radioimunoensaio, que faz dosagens hormonais, por exemplo, davam as principais respostas. Mas o advento da biologia molecular fez surgir um mundo de novas ferramentas para estudos e diagnósticos sobre a fisiologia humana, todas a partir da genética.

Para apresentar aos estudantes e pesquisadores as modernas metodologias moleculares, especialistas dos Estados Unidos e da América Latina se reúnem em Ribeirão Preto, de 2 a 7 de setembro, para o Using Modern Molecular Tools for the Study of Integrative and Translational Physiology. O encontro, todo em inglês, será desenvolvido em formato apropriado ao conhecimento das novas técnicas que estão revolucionando a busca por avanços na fisiologia.

Professor da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP e um dos organizadores do workshop, José Antunes Rodrigues afirma que a formação de profissionais e pesquisadores justifica o evento, pois os alunos devem se tornar melhores que seus mestres, já que “são o futuro do país”. Assim, a programação terá palestras, sessões para pequenos grupos e orientação individual, além de propor que os estudantes desenvolvam plano para um novo sistema de modelos in vivo em seus projetos de pesquisa.

O evento é organizado por professores da FMRP e do exterior, com colaboração da American Physiological Society. Programação completa e informações sobre as inscrições estão disponíveis no site do evento. As atividades acontecem no Anfiteatro Pedreira de Freitas, Av. Bandeirantes, 3900, campus da USP Ribeirão Preto.

Mais informações: (16) 3315-3012

 

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.