Alimentação sustentável e saúde planetária são temas de novo podcast da USP

Novo projeto do Sustentarea, núcleo de extensão da Faculdade de Saúde Pública, busca traduzir conhecimento acadêmico na área da alimentação e saúde para a população

Por
Podcast quer divulgar o conhecimento acadêmico sobre alimentação e saúde – Arte sobre foto – Freepik / Spotify

.

Unir os saberes populares e as evidências científicas na área da alimentação saudável e sustentável: esse é o objetivo do Podcast Comida que Sustenta, produzido pelo Sustentarea, núcleo de extensão da Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP, com apoio da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária (PRCEU). O episódio inaugural, lançado dia 5 de março, fala como o uso culinário de ervas, temperos e especiarias pode influenciar na saúde e no meio ambiente.

O Sustentarea, que já contava com publicações digitais nas redes sociais, blog e revista, surgiu com a ideia de expandir o conhecimento acadêmico sobre alimentação e saúde para além dos muros da Universidade. O intuito do podcast é ampliar ainda mais esse diálogo com o público, principalmente com mulheres acima dos 60 anos. A ideia de produzir o conteúdo em formato de áudio foi pensando na facilidade de compartilhá-lo via WhatsApp. “Existe um contexto bastante forte de fake news atualmente e entendemos que é o papel da Universidade fazer o caminho inverso. É preciso ocupar esses espaços com informações verdadeiras, trabalhadas de forma acessível”, conta Nadine Marques, nutricionista, doutoranda pela FSP e líder da equipe do podcast.

Nadine Marques, da Faculdade de Saúde Pública da USP – Foto: Reprodução/Sustentaria

Os episódios sempre se iniciam com a fala de uma ouvinte, que contribui com histórias, memórias e experiências. Também contam com a participação de um chef de cozinha e dois especialistas — um para desmistificar algum assunto e outro para explicar sobre saúde planetária, relacionando sempre com o assunto principal. Além disso, cada episódio traz uma nova receita dentro do contexto da alimentação saudável e sustentável. 

Inicialmente, estão previstos mais sete episódios — com duração média de 20 minutos cada — que devem ser postados na primeira sexta-feira de cada mês. O tema de abril será a mandioca, enquanto o episódio de maio falará sobre as PANCs (plantas alimentícias não convencionais). A carne, o leite e os ovos, as frutas e vegetais, as castanhas e até a famosa dupla “arroz com feijão” também serão assuntos dos próximos episódios. “O podcast tem essa lógica do alimento ser o tema desdobrado dentro do episódio, fazendo conexão com sustentabilidade, alimentação e saúde planetária”, destaca Nadine.

Clique no player para ouvir o primeiro episódio do podcast:

 

Além das produções principais, o podcast também terá alguns episódios “bônus”, de menor duração, lançados no período intermediário entre dois maiores. Eles seguirão o mesmo tema tratado anteriormente, mas com uma abordagem mais voltada para a reflexão e a prática dos conceitos que foram discutidos.

“A gente quer alcançar as pessoas com uma linguagem simplificada, mas que agregue alguma coisa em termos de informação. Tem sido um projeto muito rico e muito gratificante. Esperamos que ele tenha uma vida muito longa”, comenta a nutricionista.

É possível ouvir os episódios do novo podcast no Spotify, ou no portal do Sustentarea, neste link.

 

 


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.