Evento internacional sobre saúde planetária reúne mais de 3.800 inscritos de 110 países

Reitor participou da abertura do encontro que conta com palestras, workshops e apresentações de cientistas, legisladores, educadores, representantes do setor privado e artistas sobre o tema

Por
A abertura oficial do evento foi realizada no dia 26 de abril e contou com a presença do reitor da USP – Foto: Reprodução

 

O reitor da USP, Vahan Agopyan, participou, no dia 26 de abril, da abertura da quarta edição do Planetary Health Annual Meeting and Festival, evento virtual que se estende até o próximo dia 30, sexta-feira. O encontro, que conta com mais de 3.800 inscritos oriundos de 110 países, é resultado de uma parceria da USP com a Planetary Health Alliance (PHA).

Também participaram da cerimônia de abertura o pró-reitor de Pesquisa, Sylvio Roberto Accioly Canuto; o diretor do Instituto de Estudos Avançados (IEA), Guilherme Ary Plonski; o professor da Escola Politécnica e coordenador do grupo Saúde Planetária do IEA, Antonio Mauro Saraiva, responsável pela organização do evento na USP; o diretor da Planetary Health Alliance, Sam Myers; e a gerente sênior de Programas da PHA, Marie Studer.

A saúde planetária é uma estrutura transdisciplinar e orientada para soluções com o intuito de compreender e enfrentar os desafios da atualidade: a transformação e degradação da biodiversidade e dos sistemas naturais da Terra e seus impactos interconectados na saúde humana e em toda a vida do planeta.

+ Mais

USP sediará evento que aborda a relação entre ser humano e planeta

O encontro internacional reúne cientistas, legisladores, educadores, representantes do setor privado e artistas para discutir a saúde planetária, apresentando ciência, histórias e soluções para mudanças e construção de soluções sistêmicas em economia, governança e na sociedade civil. Além disso, o evento celebra as perspectivas artísticas e culturais da saúde planetária com apresentações e workshops de todo o mundo.

“A USP está envolvida na promoção da saúde planetária em sua comunidade, porque entendemos a importante estrutura que ela oferece para promover a saúde, o bem-estar e um futuro mais sustentável. Também vemos este como um tema transversal perfeito que pode unir todas as áreas do conhecimento. A saúde planetária é pesquisa, educação e extensão. Portanto, os três pilares da Universidade devem ser engajados. Na USP, as quatro Reitorias estão empenhadas em promovê-la, apoiar pesquisas e novos cursos de graduação e pós-graduação na área”, afirmou Agopyan.

Mais informações sobre o encontro, que é gratuito, e sobre as inscrições podem ser obtidas na página oficial do evento. 

Assista, a seguir, ao vídeo A Promessa da Saúde Planetária, divulgado pela PHA.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.