Políticas afirmativas incrementam inclusão racial

Há 50 anos Brasil ratificava uma convenção contra todas as formas de discriminação racial

Estamos em plena implementação de políticas afirmativas, inclusive nas universidades públicas. A professora Eunice Prudente cita que são muito importantes as academias para o desenvolvimento do Brasil e para a igualdade dos brasileiros. O sistema de cotas raciais nas universidades estaduais ainda é muito recente para se fazer uma avaliação.

Dados do IBGE de 2018 mostram que as universidades federais já contam com 50,3% de estudantes pretos e pardos. A evasão escolar atinge 28,18% dos jovens pretos e pardos, com idade entre 18 e 24 anos. Um belo exemplo de conquista é o de Letícia Chagas, uma jovem estudante negra que entrou na Universidade a partir do sistema de cotas sociais, via Sisu. Ela é a primeira estudante negra a assumir a presidência do Centro Acadêmico 11 de Agosto da Faculdade de Direito da USP.

Acompanhe a coluna na íntegra pelo link acima.


Educação e Direitos
A coluna Educação e Direitos, com a professora Eunice Prudente, vai ao ar toda sexta-feira às 8h30, na Rádio  USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e  TV USP. 

.

 

 

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.