A percepção de cores é uma qualidade visual útil para interagir e sobreviver na natureza

A possibilidade de filtrar luz de algumas cores, com óculos que bloqueiam parte da cor azul, se tornou popular como algo benéfico, mas não é bem assim

 13/09/2023 - Publicado há 9 meses
Por

Logo da Rádio USP

A visão de cores é uma qualidade muito útil na natureza para colher alimentos, favorecer a polinização de flores e induzir vantagens reprodutivas entre diferentes seres vivos, além de enganar predadores, para proteger seres vivos mais frágeis e discretos entre elementos da natureza mais robustos e resistentes, com cores semelhantes. A visão de cores é percebida na primavera, que se inicia agora em setembro. A floração atrai por suas cores e também pelos odores, insetos e outros seres vivos que, por estímulos a esses sentidos, são capazes de amplificar a disseminação de sementes e produzir frutos e novas plantas.

Existem pessoas com ausência ou redução parcial da visão de cores por herança genética ou intoxicações ambientais. Isso pode, em alguns casos, ser atenuado com filtros que modificam as cores para as quais os indivíduos não têm percepção e assim melhorar a definição de imagem. Um outro dilema sobre cores foi esclarecido por um artigo de revisão recentemente publicado. Nesse estudo, colaboradores da Universidade de Melbourne, na Austrália, e de Londres, na Inglaterra, investigaram a eficácia de filtrar luz azul, muito presente no ambiente externo e também com a grande quantidade de telas de equipamentos eletrônicos.

A conclusão do estudo, que comparou outros 17 trabalhos, foi de que não há superioridade no desempenho visual, nem na prevenção da fadiga diante das telas de equipamentos eletrônicos. Outros benefícios sugeridos pelo uso de lentes bloqueadoras de luz azul, como melhorar a qualidade do sono, a proteção da retina e a identificação de cores, não foram esclarecidos, pois não há, de fato, estudos que comprovem esses benefícios. Assim, a visão de cores é um atributo sensorial útil na natureza, pode estar prejudicada por algumas doenças, mas o bloqueio de algumas cores, como a azul, em olhos saudáveis, não tem até o momento fundamentação científica.


Fique de Olho
A coluna Fique de Olho, com o professor Eduardo Rocha, vai ao ar quinzenalmente, quarta-feira às 8h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7; Ribeirão Preto 107,9) e também no Youtube, com produção da Rádio USP, Jornal da USP e TV USP.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.