Estudo avalia dinâmicas que podem causar o mal-estar em atletas de alto rendimento

Na entrevista desta quinta-feira (13) dos Novos Cientistas, o psicólogo Fábio Menezes dos Anjos fala de seu estudo que investigou o mal-estar entre atletas de alto rendimento sob a luz de algumas teorias da psicanálise

Por - Editorias: - URL Curta: jornal.usp.br/?p=301194

Estudo avalia dinâmicas que podem causar o mal-estar em atletas de alto rendimento
Novos Cientistas

 
 
00:00 / 13:44
 
1X
 

Nos esportes de alto rendimento, não se vive apenas de glórias, conquistas, medalhas. “Mesmo entre esses atletas, existe o mal-estar, seja psicológico, físico, social, ou uma mescla de diversos aspectos”, descreveu o psicólogo Fábio Menezes dos Anjos. Ele foi o autor da pesquisa de mestrado Psicanálise e esporte: o mal-estar na carreira de atletas profissionais, apresentada no Instituto de Psicologia (IP) sob orientação do professor Ivan Ramos Estevão. Convidado desta quinta-feira (13) no podcast Os Novos Cientistas, Menezes descreveu um pouco sobre como conduziu seu estudo.

O objetivo da pesquisa foi utilizar o referencial teórico da psicanálise para investigar de que maneiras a dinâmica do esporte de alto rendimento conduz aqueles que se envolvem em uma carreira como atletas ao mal-estar. Trata-se, como disse o autor, de uma pesquisa que poderá servir como base para outros estudos. “Eu não estudei nenhuma modalidade esportiva ou casos isolados. E também não houve um recorte geográfico”, explicou o psicólogo. Mesmo assim ele citou a situação de um jogador de basquetebol da NBA que confessou ter tido uma crise de pânico durante uma partida. O psicólogo alerta que um dos caminhos para se reduzir o mal-estar é que os esportistas falem mais sobre seus problemas. “O atleta de basquete sentiu-se motivado a falar depois de ler o depoimento de um outro esportista”, informou Menezes.

A sensação de mal-estar também pode estar relacionada a contextos políticos, como consta na pesquisa. “Estudei também o lugar social do esporte ao longo da história, expondo as relações entre esporte e política, e demonstrando como o papel da prática esportiva e do atleta foi se transformando até passar a ocupar seu lugar atual na cultura.”

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.