USP e Sesc São Paulo promovem Ação Contra a Fome e pela Cidadania no dia 2 de outubro

A campanha tem como objetivo recolher alimentos não perecíveis, que serão destinados a doações; também serão oferecidas atividades gratuitas voltadas à saúde e educação dentro do programa USP na Comunidade

 Publicado: 27/09/2021  Atualizado: 03/10/2021 as 19:57
Logo após o recolhimento, os alimentos serão direcionados via caminhões a entidades cadastradas no Mesa Brasil – Foto: Divulgação

 

A USP, por meio do Programa USP Municípios e da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária, e o Sesc São Paulo promovem, no próximo sábado, dia 2 de outubro, a Ação Contra a Fome e pela Cidadania, com objetivo de recolher alimentos não perecíveis, que serão destinados a doações, além de atividades gratuitas voltadas à saúde e educação.

A iniciativa, em solidariedade ao aumento da população em situação de vulnerabilidade social, disponibilizará uma tenda de doações, que estará montada na Praça do Relógio Solar, dentro da Cidade Universitária Armando de Salles Oliveira, em São Paulo. Para doar, basta comparecer à tenda de carro ou a pé, entre 8h e 17h.

“A pandemia da covid-19 escancarou a desigualdade existente na sociedade brasileira, nos mostrando a realidade de uma parcela da população que, mais do que insegurança alimentar, está com insuficiência de comida. Para esta importante ação que promovemos junto com o Sesc São Paulo, queremos contar com a participação de nossa comunidade universitária, bem como da sociedade em geral, para nos ajudar a minimizar esta tragédia social que vivemos todos os dias”, destaca o reitor da USP, Vahan Agopyan.

Logo após o recolhimento, os alimentos serão direcionados via caminhões a entidades cadastradas no Mesa Brasil, programa criado há 26 anos pelo Sesc São Paulo. Desde o início da pandemia, de março de 2020 a abril de 2021, o programa coletou, selecionou, transportou e distribuiu mais de 8,2 mil toneladas de alimentos e 520 toneladas de produtos de higiene e limpeza.

Articulado sob uma perspectiva transversal, que une alimentação, sustentabilidade, valorização social e educação não formal, “o Mesa Brasil é norteado pelo conceito de segurança alimentar, que trata do direito de todos ao acesso regular a uma alimentação segura, com higiene, em quantidade suficiente e permanente”, afirma o diretor do Sesc São Paulo, Danilo Miranda.

Por meio das recém-lançadas unidades móveis Saúde e Ciência e Cultura e Educação, equipadas com salas de aula e telas de projeção para apresentações externas, o projeto USP na Comunidade oferecerá programação e atividades gratuitas à população de todas as idades – Foto: Marcos Santos / USP Imagens

 

USP na Comunidade

No mesmo local, serão promovidas ações do projeto USP na Comunidade, da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária, que tem o objetivo de levar ações desenvolvidas por pesquisadores, alunos e servidores da Universidade para toda a população do Estado de São Paulo.

Por meio das recém-lançadas unidades móveis Saúde e Ciência e Cultura e Educação, equipadas com salas de aula e telas de projeção para apresentações externas, o projeto USP na Comunidade oferecerá programação e atividades gratuitas à população de todas as idades. Além das estruturas móveis, as atividades contarão com tendas de apoio.

A unidade móvel Saúde e Ciência oferecerá oficinas de biossegurança, orientação com profissionais de saúde, testes rápidos de HIV, sífilis, hepatite B e C e covid-19, além de aferição de pressão e glicemia, exibição de vídeos e distribuição de material educativo. Já a carreta Cultura e Educação promoverá atividades do projeto Matemateca, que tem exposição interativa e lúdica com parte do acervo do Instituto de Matemática e Estatística (IME), provocando a curiosidade dos visitantes a partir de peças criativas e desafiantes.

“A USP é muito presente nas cidades em que estão localizados seus campi, e a essência deste projeto é levar a Universidade também para as comunidades ao nosso entorno. Essas carretas vão levar a educação, a cultura e o conhecimento capazes de transformar a realidade”, explica Antonio Carlos Hernandes, vice-reitor da USP e coordenador do Programa USP Municípios.

A Ação Contra a Fome e pela Cidadania será a segunda iniciativa desse tipo promovida pela USP e pelo Sesc, que, em junho deste ano, já haviam realizado, no Museu do Ipiranga, o Drive Thru da Solidariedade.

O uso de máscara será obrigatório e todos os demais protocolos de distanciamento social e higienização serão igualmente adotados.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.