Nota de pesar pelo falecimento do professor Warwick Estevam Kerr

Professor da Esalq, é considerado uma das autoridades mundiais em genética de abelhas

  • 1.4K
  •  
  •  
  •  
  •  
Kerr durante a homenagem recebida em 2008 como um dos pioneiros da pós-graduação da USP – Foto: Francisco Emolo / USP Imagens

A Universidade de São Paulo (USP) lamenta, com profundo pesar, o falecimento do professor aposentado da Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (Esalq), Warwick Estevam Kerr, ocorrido no dia de hoje, 15 de setembro, em Ribeirão Preto.

Kerr formou-se em Engenharia Agronômica pela Esalq em 1945 e doutorou-se em Genética Animal em abril de 1948, defendendo tese com o título “Estudos sobre o gênero Melipona”. Defendeu tese para o concurso de Livre-Docente da Cadeira de Genética em junho de 1950, com o título “Estudos sobre a genética de populações dos himenópteros em geral e sobre os apídeos sociais em particular” e tornou-se professor titular em 1965.

Entomologista e geneticista reconhecido internacionalmente, Kerr é considerado uma das autoridades mundiais em genética de abelhas, a ponto de ser o primeiro cientista brasileiro eleito na Academia de Ciências dos Estados Unidos.

Foi professor visitante nas Universidades de Columbia e da Califórnia entre 1951 e 1952. Organizou o Departamento de Biologia Geral da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Rio Claro, a partir de 1957, e o Departamento de Genética da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP, a partir de 1964. Foi o primeiro diretor científico da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), cargo que ocupou no início da década de 1960.

Orientou mais de uma dezena de teses de doutoramento e ministrou diversos cursos no Brasil e no exterior. Foi contemplado, também, com várias bolsas de estudo, tanto para atividades no Brasil como em outros países. Participou de inúmeros congressos, reuniões científicas, conferências e palestras. Realizou diversas pesquisas e publicou muitos trabalhos científicos e de natureza didática, no Brasil e no exterior.

Foi presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) em 1969, além de ter sido diretor do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, presidente da Sociedade Brasileira de Genética e reitor da Universidade Estadual do Maranhão, de 1988 a 1989.

Em 2008, foi homenageado durante as comemorações dos 75 anos da USP como um dos pioneiros da pós-graduação da Universidade.

O velório de Warwick Estevam Kerr será realizado hoje (15/09), a partir das 17h, no Memorial Campos Elísios (Rua Fernão Sales, 1287, em Ribeirão Preto). A cerimônia de cremação será amanhã (16/9), às 9h.

  • 1.4K
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados