Inscrições para o programa de permanência estudantil começam na próxima semana

O Programa de Apoio à Permanência e Formação Estudantil (PAPFE) oferece auxílios a alunos de graduação e pós-graduação com dificuldades socioeconômicas

 11/01/2024 - Publicado há 2 meses     Atualizado: 12/01/2024 as 16:03
Por
Em 2024, serão disponibilizados 6.505 auxílios para novos estudantes – sendo 6.115 auxílios integrais e 390 auxílios parciais, com vagas em moradia estudantil - Foto: Marcos Santos/USP Imagens

Na próxima terça-feira, dia 16 de janeiro, começam as inscrições para o Programa de Apoio à Permanência e Formação Estudantil (PAPFE), que disponibiliza auxílios aos alunos de graduação e pós-graduação com dificuldades socioeconômicas. Haverá dois períodos para inscrição: o primeiro período vai de 16 de janeiro a 16 de fevereiro; e o segundo período vai de 26 de fevereiro a 29 de março. As inscrições devem ser feitas pelo Portal de Serviços Computacionais da USP.

O valor integral do auxílio é de R$ 800. Para os alunos contemplados com vagas nas moradias estudantis da USP, o valor do auxílio é parcial, de R$ 300. A concessão dos auxílios depende da análise socioeconômica do candidato e, no caso de vaga em moradia estudantil, da disponibilidade de vagas de cada campus.

“O Programa de Apoio à Permanência e Formação Estudantil, associado a diversas outras iniciativas da Universidade, constitui a maior política de permanência estudantil existente no Brasil. Nosso objetivo é auxiliar o processo de formação dos nossos estudantes com maior vulnerabilidade, de forma que possamos continuar a realizar inclusão com excelência acadêmica”, ressalta a pró-reitora de Inclusão e Pertencimento, Ana Lúcia Duarte Lanna.

Ana Lúcia Duarte Lanna - Foto: Marcos Santos/USP Imagens

Em 2024, serão disponibilizados 6.505 auxílios para novos estudantes – sendo 6.115 auxílios integrais e 390 auxílios parciais, com vagas em moradia. Todos os contemplados com benefícios também terão direito a refeições gratuitas nos restaurantes universitários.

Podem se inscrever no programa estudantes regularmente matriculados em cursos de graduação e pós-graduação, com renda familiar per capita abaixo de 1,5 salário mínimo paulista, que não tenham concluído outra graduação na USP e que não recebem outro auxílio da Universidade.

O auxílio-permanência, entretanto, poderá ser acumulado com uma única bolsa de pesquisa, como, por exemplo PUB, PAE ou outra modalidade acadêmica.

Inscrições

O primeiro período de inscrições vai de 16 de janeiro a 16 de fevereiro, de forma eletrônica, pelo Portal de Serviços Computacionais da USP (https://portalservicos.usp.br), com a anexação obrigatória de documentos comprobatórios da situação socioeconômica declarada no formulário. O segundo período de inscrições vai de 26 de fevereiro a 29 de março. Apenas os alunos do curso da Escola de Arte Dramática (EAD) devem se inscrever por meio de formulário específico, cujo endereço pode ser solicitado pelo e-mail papfe.prip@usp.br.

A análise socioeconômica será realizada pelos Serviços Sociais dos campi, utilizando critérios unificados preestabelecidos. Serão contemplados os estudantes de maior vulnerabilidade socioeconômica, de acordo com os recursos determinados pela Universidade. A classificação é única, independentemente do campus no qual o aluno esteja matriculado.

A lista única permanece válida durante todo o ano. Assim, os estudantes que atenderem aos critérios de concessão mas não forem contemplados com os benefícios do PAPFE, em virtude de sua classificação na lista única poderão ser chamados para receber auxílio financeiro do Programa USP Diversa, ou caso haja disponibilização de benefícios em decorrência de desistências ou cessação de concessões.

edital do Programa de Apoio à Permanência e Formação Estudantil 2024 pode ser consultado na página da Pró-Reitoria de Inclusão e Pertencimento.

Para mais informações e esclarecimento de dúvidas, os alunos interessados devem entrar em contato pelo e-mail papfe.prip@usp.br.

Mais transparência

O Programa de Apoio à Permanência e Formação Estudantil integra a política de permanência da USP e tem o objetivo de diminuir a evasão causada por dificuldades socioeconômicas, garantindo aos estudantes selecionados as condições necessárias para continuarem seus cursos.

A seleção dos alunos, a implementação e o acompanhamento dos benefícios são coordenados pela Pró-Reitoria de Inclusão e Pertencimento (PRIP).

No ano passado, o PAPFE passou por uma grande reformulação, aumentando em 58% os recursos destinados à permanência estudantil, unificando e substituindo benefícios que antes eram oferecidos separadamente, estendendo o benefício aos estudantes de pós-graduação e estabelecendo a concessão do auxílio para todo o período de conclusão do curso, sem necessidade de reavaliações anuais.

Em 2024, após várias rodadas de avaliação do programa e uma consulta aberta à comunidade uspiana, o processo de seleção para o PAPFE foi aperfeiçoado. Entre as novidades deste ano está a criação de uma Comissão de Verificação de Fraudes, composta por membros do Conselho de Inclusão e Pertencimento e assistentes sociais da USP, com a função de apurar eventuais denúncias de fraude.

O questionário de avaliação da condição socioeconômica também foi revisado e o aluno passará a ter acesso ao resultado de sua avaliação no sistema.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.