Conselho Universitário aprova reajuste de 5% nos salários e plano de carreira para os servidores da Universidade

Reajuste havia sido proposto pelo Conselho de Reitores das Universidades Estaduais Paulistas (Cruesp); plano de carreira prevê a avaliação e a progressão dos servidores da Univerisdade

 Publicado: 21/05/2024     Atualizado: 23/05/2024 as 11:20
Por
A reunião do Conselho Universitário que aprovou o reajuste e o plano de carreira foi realizada no dia 21 de maio – Foto: Cecília Bastos/USP Imagens

O Conselho Universitário aprovou o reajuste de 5% nos salários dos servidores docentes e técnicos e administrativos da USP a partir de 1º de maio. A reunião foi realizada no dia 21 de maio.

A proposta foi apresentada pelo Conselho de Reitores das Universidades Estaduais Paulistas (Cruesp), em reunião com o Fórum das Seis, no último dia 16 de maio, e engloba também a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e a Universidade Estadual Paulista (Unesp).

De acordo com estudo realizado pela Coordenadoria de Administração Geral (Codage), estima-se que, com o reajuste, o nível de comprometimento do orçamento da USP com folha de pagamento, acumulado no final do ano, será de 83,65%. 

O reitor Carlos Gilberto Carlotti Junior explicou que o reajuste salarial aprovado é maior que a inflação acumulada no período, que foi de cerca de 2,77%, segundo o índice IPC Fipe. O reitor ressaltou que o auxílio-saúde também deverá ser reajustado. A possibilidade de reajuste dos valores do auxílio-alimentação e do vale-refeição ainda deverá ser discutida. 

A vice-reitora Maria Arminda do Nascimento Arruda destacou que “estamos em um momento inseguro em relação à reforma tributária e precisamos ter prudência”. Maria Arminda falou também sobre os processos de contratação de docentes e servidores técnicos e administrativos que estão sendo realizados desde 2022. 

A presidente da Comissão de Orçamento e Patrimônio (COP) e diretora da Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Atuária (FEA), Maria Dolores Montoya Diaz, ressaltou que, com a aprovação do reajuste salarial, é importante que sejam observados os Parâmetros de Sustentabilidade Econômico-Financeira da USP, que estabelecem regras sobre limites com despesas totais com pessoal, que não devem ultrapassar o patamar de 85% das receitas correspondentes às liberações mensais de recursos do Governo do Estado. 

Novo plano de carreira

Na mesma sessão, foi aprovada a resolução que implementa o novo plano de carreira do corpo técnico e administrativo, que prevê a avaliação e a progressão dos servidores da Universidade. 

O coordenador de Administração Geral (Codage), João Maurício Gama Boaventura, explicou que o novo plano foi discutido em várias instâncias da Universidade, com a realização de lives e workshops com a comunidade. 

A avaliação deverá passar pelas competências essenciais, iguais a todos os servidores; competências específicas por família funcional e nível de complexidade por carreira. A avaliação será feita em três etapas: autoavaliação, avaliação da chefia e avaliação de pares/clientes internos.

No que se refere à progressão, que será feita após a avaliação de desempenho e representa aumento salarial ao contemplado, ela poderá ser vertical ou horizontal. Segundo Boaventura, neste primeiro momento, deverão ser priorizados os servidores que ainda estejam no nível inicial da carreira

O ciclo de gestão de desempenho deverá ser realizado entre junho e agosto deste ano e o processo de progressão será iniciado a partir de setembro. “Vamos discutir com a COP [Comissão de Orçamento e Patrimônio] quais serão os recursos disponíveis para as unidades e órgãos poderem planejar suas progressões”, considerou o coordenador da Codage.

O Departamento de Recursos (DRH), ligado à Codage, deverá divulgar o cronograma das atividades em breve.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.