​Evento on-line debate desconfiança na polícia e a segurança cidadã

A conferência é realizada pelo Grupo de Pesquisa em Criminologia Experimental do IEA-RP e a Associação Internacional de Criminologia em Língua Portuguesa

 10/01/2024 - Publicado há 2 meses
Por

O Grupo de Pesquisa em Criminologia Experimental e Segurança Pública do Instituto de Estudos Avançados Polo Ribeirão Preto (IEA-RP) da USP e a Associação Internacional de Criminologia em Língua Portuguesa (AICLP) promovem no dia 30 de janeiro, a partir das 14h, a conferência on-line Consequências da desconfiança na Polícia para a segurança cidadã.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas neste link. A conferência será exclusivamente on-line, com transmissão pelo canal do IEA-RP no YouTube e pela página do Instituto no Facebook. Haverá envio de certificados aos participantes que preencherem um formulário enviado no chat das ferramentas durante o evento. 

A palestrante será a professora e pesquisadora da Divisão de Estudos Jurídicos da Universidad de Guadalajara, México, Áurea Esther Grijalva Eternod. Ela vai discutir a péssima avaliação atribuída pela população mexicana à polícia e que obstáculos isso traz à segurança cidadã, entendida como uma combinação de políticas públicas repressivas e preventivas que garantem a proteção comunitária mediante o exercício da cidadania. A docente também vai abordar recomendações para melhorar o relacionamento entre a instituição e os mexicanos com base na Teoria da Justiça Procedimental, de Tom Tyler.

Áurea Esther Grijalva Eternod é doutora em Criminologia pela Universidad de Castilla La Mancha, graduada em Direito e especialista em Direito Penal pela Universidade Nacional Autônoma do México. Atualmente é coordenadora da Licenciatura em Criminologia da Universidade de Guadalajara e participa em vários projetos de pesquisa nacionais e internacionais, sendo responsável no México, em conjunto com a Fundação CEDAT, pela aplicação do Estudo Internacional de Auto-Relato de Delinquência, que estuda a vitimização e a violência em jovens e adolescentes. Suas principais linhas de interesse são: criminalidade juvenil, determinantes da criminalidade, segurança cidadã e instituições de justiça.

Mais informações sobre o evento: iearp@usp.br.

*Assessoria de Comunicação do IEA-RP com edição de Rose Talamone

Sobre o grupo

A partir dos recentes avanços da Criminologia Experimental, o Grupo de Pesquisa em Criminologia Experimental e Segurança Pública do IEA-RP propõe dedicar-se ao estudo de experimentos, métodos e intervenções que permitam extrair evidências científicas sobre o que funciona (what works) nas estratégias de segurança pública. Com base nas evidências científicas obtidas pelo método experimental, pretende-se desenvolver novas abordagens teóricas e recomendações de ação estratégica no campo da segurança pública. Saiba mais na página do grupo.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.