Treinamento neuromuscular previne lesões no joelho de mulheres

Pesquisa desenvolvida na USP de Ribeirão Preto reduz danos e aumenta a força muscular

Na coluna Ciência e Esporte desta semana, o professor Paulo Roberto Santiago fala sobre como o treinamento neuromuscular pode auxiliar na prevenção de lesões no joelho causadas durante o esporte em mulheres.

Para falar do assunto Santiago se baseia em um artigo feito pela Escola de Educação Física e Esporte de Ribeirão Preto (EEFERP) da USP, no ano de 2016, publicado na Revista Brasileira de Medicina do Esporte. A pesquisa aborda o efeito do treino neuromuscular na rotação do joelho em mulheres durante a aterrissagem.  

O professor conta que o trabalho resultou na grande redução dos riscos de danos que poderiam ser causados no joelho, pois, depois dos treinamentos propostos, a força muscular e a velocidade de flexão das atletas aumentaram no momento de aterrissagem. A estratégia permitiu acomodar melhor as forças e dissipar as descargas do peso corporal.  

Ouça acima, na íntegra, a coluna Ciência e Esporte.


Ciência e Esporte
A coluna Ciência e Esporte, com o professor Paulo Santiago, vai ao ar toda sexta-feira às 10h00, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •