Tratamento e diagnóstico da doença de Chagas têm novo guia

Organização Pan-Americana da Saúde publicou recentemente novas diretrizes para melhor manejo clínico

 28/01/2019 - Publicado há 3 anos
Por

A doença de chagas é uma infecção parasitária e mais de 6 milhões de pessoas em países das Américas vivem com a doença. Recentemente, a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) publicou um novo guia para melhorar seu diagnóstico e tratamento.

Espécie de barbeiro que transmite a doença de Chagas – Foto: Museu da Vida/COC/Fiocruz

Em entrevista à Rádio USP, José Antônio Marin Neto, professor do Departamento de Clínica Médica da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP, fala que a doença continua sendo problema de saúde pública e que a situação no Brasil tem controle parcial.

Segundo o professor, fatores alarmantes perpetuam a transmissão da doença, como a interação do ser humano com novos vetores, principalmente na região amazônica, além da ingestão de alimentos contaminados com restos do inseto parasita.

Marin explica que o alarme mundial para a doença se deu por conta da imigração de indivíduos de países latino-americanos, inclusive  de brasileiros, que estão contaminados e se tornam transmissores potenciais. Para ele, nesse sentido, o guia da Opas se torna útil, pois chama a atenção de maneira geral para o conhecimento do problema.

Ouça a entrevista no link acima.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.