Investir em ações pode ser boa opção em tempos de crise

Mas é necessário ter informações sobre como e onde investir, que podem ser obtidas por WhatsApp

  • 3
  •  
  •  
  •  
  •  

Somente um em cada quatro brasileiros investe parte de sua renda, segundo a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais, a Ambima.  Na América Latina, o Brasil é o país com menor taxa de poupança. E a caderneta de poupança é a escolha da maioria dos que guardam dinheiro. Ainda segundo dados da Ambima, os títulos públicos, como o tesouro direto e os fundos com ativos de renda variável, como de ações e multimercados, estão entre as últimas opções.

Mas investir em ações pode ser uma boa oportunidade em época de crise, segundo Ricardo Cancio Santos, especialista em Mercado Financeiro e Análise Macroeconômica Conjuntural, mestre pela Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto (FEA-RP) da USP. Para Santos, é necessário ter informações, saber como funciona o mercado de ações, como e em que ações investir. “Investidores e a população querem a mesma coisa, o crescimento econômico, geração de lucros e de empregos”, afirma.

Santos mantém um grupo no WhatsApp que fornece informações para quem quer investir em ações. A participação é aberta e totalmente gratuita, basta fazer parte do grupo pelo número (71) 99120-1041. O economista conta que são as mais variadas perguntas que surgem no grupo, como, por exemplo, informações sobre renda fixa e, principalmente, sobre ações que têm crescido bastante, até pessoas que buscam emprego e  querem saber qual segmento econômico está em alta.

Além do grupo no WhatsApp, Santos é um dos professores do curso Investimento em ações e análise econômica, promovido pela Fundação para Pesquisa e Desenvolvimento da Administração, Contabilidade e Economia (Fundace), vinculada a professores da FEA-RP, que acontecerá em Ribeirão Preto nos dias 20 de outubro, 10 e 24 de novembro e 8 de dezembro, com coordenação dos professores Alex Luiz Ferreira e Luciano Nakabashi, ambos da FEA-RP. Inscrições e mais informações sobre o curso no site da fundação, www.fundace.org.br. Ouça a entrevista no link acima.

 

  • 3
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados