Inovação e tecnologia permitem maior eficiência na gestão pública

Gestão pública com foco em resultados é quarto tema de ciclo de debates do Instituto de Estudos Avançados da USP

  • 5
  •  
  •  
  •  
  •  

jorusp

O Instituto de Estudos Avançados da USP continua a debater propostas consideradas imprescindíveis para destravar áreas-chave no desenvolvimento do país no ciclo Eleições 2018: Propostas para o Brasil . As discussões servirão de base para a elaboração de uma carta aos candidatos das eleições presidenciais. No quarto encontro, nesta quinta-feira, o foco será propostas de gestão pública. O Jornal da USP no Ar conversou sobre o tema com Evelyn Levy, ex-secretária nacional de gestão e ex-professora de Gestão de Políticas Públicas da Escola de Artes, Ciências e Humanidade da USP.

A especialista afirma que a gestão pública tem em seu cerne o objetivo de estudar como os recursos arrecadados dos cidadãos pelos governos podem ser utilizados da melhor maneira para beneficiar diversas áreas da sociedade, como diminuir a desigualdade social ou melhorar a qualidade da educação. Também destaca a inovação e uso da tecnologia como uma estratégia para implementar medidas mais eficazes, que alcancem os objetivos previstos de forma fácil e em um menor período de tempo.

Porém, o encontro propõe mais ao tratar a gestão pública por resultados, responsável por analisar o propósito a ser alcançado e se ele foi cumprido, o que permite a tomada de novas decisões baseadas nas respostas encontradas. Para que isso aconteça, Evelyn ressalta a importância da avaliação de políticas públicas, organizações e pessoas, pois é com ela que se torna possível compreender e aprender com os erros e acertos.

A transparência na gestão pública é outra questão abordada pela especialista, que ressalta a importância do controle interno, e por parte da sociedade, dos resultados – um trabalho fundamental que ainda precisa ser melhorado. Além disso, fala sobre a participação social e como a relação entre representantes e representados está enfraquecida pelo momento difícil que a democracia enfrenta. Segundo Evelyn, é necessário repor essa relação por meio de novos canais de comunicação, pois é nela que se baseia a continuidade do desenvolvimento.

Jornal da USP no Ar, uma parceria do Instituto de Estudos Avançados, Faculdade de Medicina e Rádio USP, busca aprofundar temas nacionais e internacionais de maior repercussão e é veiculado de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 9h30, com apresentação de Roxane Ré.

Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 93,7, em Ribeirão Preto FM 107,9, pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular. Você pode ouvir a entrevista completa no player acima.

.

 

  • 5
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados