Livro digital ajuda a amenizar sintomas de ansiedade causados pela covid-19

Segundo a professora Andréa dos Reis, o e-book traz dicas da terapêutica chinesa para aliviar dores na face e sintomas como ansiedade e insônia

 28/05/2020 - Publicado há 2 anos

A professora Andréa Cândido dos Reis e pesquisadores da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (Forp) da USP desenvolveram um e-book, livro digital interativo, com dicas da terapia tradicional chinesa importantes para amenizar o sofrimento deste período conturbado que é a quarentena, momento de instabilidade e de insegurança passível de causar ou intensificar distúrbios do sono, ansiedade e estresse, os quais, por sua vez, são capazes de desencadear, até mesmo, problemas odontológicos como a Disfunção da Articulação Temporomandibular (DTM).

A DTM compromete a mandíbula e os músculos responsáveis pela articulação dessa região, afetando diretamente a qualidade de vida dos pacientes ao provocar sintomas como dores na face, na cabeça e no ouvido, além do surgimento de barulhos na articulação, que aumentam a irritabilidade da pessoa. 

Entre as diversas orientações contidas no e-book, Andréa destaca o uso de compressas quentes para diminuir as dores na face e relaxar a mandíbula. Entretanto, a professora chama a atenção para que o diagnóstico da DTM, ansiedade ou distúrbios do sono seja feito por um profissional da saúde. “O e-book não tem a ideia de eliminar tratamentos já iniciados, mas sim atuar como um coadjuvante no tratamento e como atitude preventiva ao agravamento desses sintomas”, explica a professora.

O e-book pode ser encontrado através do QR code presente neste link e também no QR code presente na imagem da matéria acima. Ouça a entrevista no link acima.

(Informações atualizadas em 28/5).


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.