Protocolos de segurança devem continuar até que covid-19 esteja controlada

Para Glauco Arbix, a possibilidade da vacina é um fio de esperança, mas os cuidados básicos para evitar a propagação do coronavírus devem continuar

 14/12/2020 - Publicado há 3 anos     Atualizado: 17/12/2020 as 7:46

Logo da Rádio USP

Na coluna Observatório da Inovação desta semana, Glauco Arbix reflete sobre os acontecimentos do ano e sobre as expectativas para 2021. Para o colunista, a possibilidade de controlar a pandemia por meio da vacina é um fio de esperança proporcionado pela ciência, mas, ao mesmo tempo, é preciso manter os pés no chão e seguir com os protocolos de higiene até que o imunizante seja distribuído massivamente. 

Para Arbix, a vacina é uma das ferramentas para combater a covid-19 e não está dissociada dos protocolos de segurança, que ainda devem continuar por um determinado período. “Temos que ficar em alerta e continuar lavando as mãos, usando máscaras, não participando de aglomerações, evitando festas, bares e restaurantes. Esse tipo de procedimento vai continuar por um longo período. O vírus não vai desaparecer de repente.”

Na visão do colunista, o planeta está contaminado e é preciso continuar alertando as pessoas para que prezem pelo cuidado, mas também desejar que os sonhos se mantenham vivos pela esperança de um 2021 melhor: “ O Brasil está contaminado. Temos a obrigação de alertar as pessoas, além de desejar que todas possam realizar pelo menos uma parte de seus sonhos e não sejam interrompidas pela má administração pública ou pela forma errada de coordenar o enfrentamento à pandemia”.


Observatório da Inovação
A coluna Observatório da Inovação, com o professor Glauco Arbix, vai ao ar quinzenalmente, terça-feira às 8h, na Rádio USP (São Paulo 93,7; Ribeirão Preto 107,9) e também no Youtube, com produção da Rádio USP, Jornal da USP e TV USP.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.