Revoredo #123: Duos exploram tons da viola caipira

Do jazz ao ponteado, duo Catrumano e duo formado por André Moraes e César Petená interpretam estilos variados

Por
 Publicado: 08/02/2024
Revoredo - USP
Revoredo - USP
Revoredo #123: Duos exploram tons da viola caipira
/

Nesta semana, o Revoredo traz dois duos de viola caipira: o duo Catrumano e o duo formado por André Moraes e César Petená. Segundo o maestro José Gustavo Julião de Camargo, catrumano é uma expressão que representa o caipira autêntico, muitas vezes menosprezado até mesmo dentro do universo sertanejo.

O duo Catrumano, formado por Elias Kopcak e Rodrigo Nali, mergulha na essência da viola caipira, adicionando nuances de jazz e blues às suas interpretações. Eles homenageiam renomados compositores como Renato Andrade, Zeca Collares, Levi Ramiro, Almir Sater, Tião Carreiro e Ivan Vilela. Desde sua formação, em 2009, lançaram em 2014 o álbum de estreia Duo Catrumano, que conta com 12 faixas.

Já o trabalho de André Moraes e César Petená abrange a riqueza musical da viola caipira, destacando composições instrumentais de diversos violeiros brasileiros. Eles exploram tanto o repertório da era dourada das duplas caipiras quanto a nova geração de instrumentistas e compositores. A dupla evidencia as distintas afinações, estilos de ponteado e características únicas da viola caipira em suas apresentações.

No podcast dessa semana foram apresentadas as músicas: Jeca na estrada; Brincando com as crianças; Piedade; Canção de Alcipe; Corumbá; Tema de viola; Chorosa; Farra mineira; Prelúdio dos pássaros; Papo de viola; Cavalgada; Terminando em Chapada; Seleção de pagodes de Valdomiro Neres Ferreira; Pagode do velho e Violinha fandangueira.

Ficha Técnica: Produção e apresentação: Maestro José Gustavo Julião de Camargo Coprodução e edição: Rádio USP Ribeirão Preto

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.