Olhar Brasileiro #117: Os sambas criados pelo compositor baiano Assis Valente

Sua primeira composição, “Tem Francesa no Morro”, satirizava o jeito de falar francês entre pessoas da sociedade carioca

 14/09/2023 - Publicado há 9 meses
Olhar Brasileiro - USP
Olhar Brasileiro - USP
Olhar Brasileiro #117: Os sambas criados pelo compositor baiano Assis Valente
/

“Para Assis Valente, as situações do dia a dia, reais, fantasiosas, sejam elas quais fossem… tudo era motivo para uma nova composição. Assis era um especialista na espontaneidade ao compor”, afirma o pesquisador Omar Jubran no podcast Olhar Brasileiro.

Segundo Jubran, a cantora Carmem Miranda, “por quem, aliás, Assis Valente era completamente apaixonado”, se tornaria uma das intérpretes mais constantes do compositor. Contudo, no início da década de 1940, o fato de ela ter recusado um dos sambas o deixou magoado. A canção Brasil Pandeiro é apresentada pelo grupo Novos Baianos no podcast.

“Na maioria de suas criações, Assis Valente é autor de versos e melodia. No entanto, algumas parcerias com o compositor baiano foram relevantes em nosso cancioneiro”, informa citando nomes como Luiz Gonzaga e Durval Maia.

Ouça o podcast nos links acima.

Este podcast reproduz o programa Olhar Brasileiro que foi ao ar pela Rádio USP (93,7 MHz) no dia 10 de setembro de 2023. Dedicado à divulgação da música popular brasileira, Olhar Brasileiro vai ao ar sempre aos domingos, às 10 horas, com reapresentação na terça-feira, à 0 hora, inclusive via internet, através do site da emissora. Às quintas-feiras ele é publicado em formato de podcast no Jornal da USP.  O programa é produzido e apresentado pelo pesquisador Omar Jubran.

As edições anteriores de Olhar Brasileiro estão disponíveis neste link.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.