Fake News Não Pod #4: A covid-19 tem relação com a internet móvel 5G?

Mesmo antes da pandemia, estava sendo disseminado que a nova tecnologia 5G afetaria o sistema imunológico e causaria prejuízos à saúde da população, suposição que já foi desmentida por diversos artigos científicos

Jornal da USP
Fake News Não Pod #4: A covid-19 tem relação com a internet móvel 5G?
/

A quinta geração da internet móvel 5G vem sendo associada de diversas formas à pandemia de covid-19. Esse é o assunto desta semana do podcast Fake News Não Pod. Desde janeiro deste ano, diversas informações falsas foram desmentidas e retiradas do ar por plataformas de mais de 37 países. Os Estados Unidos foi o país em que essas fake news mais circularam. Segundo Laura Colete Cunha e Rayanne Poletti Guimarães, desde antes da pandemia estava sendo disseminado que a nova tecnologia 5G afetaria o sistema imunológico e causaria prejuízos à saúde da população, suposição que já foi desmentida por diversos artigos científicos.

Com o desenvolvimento da pandemia, as fake news acerca da 5G cresceram, afirmando que a cidade de Wuhan, na China, onde foi reportado o primeiro caso de covid-9, teria sido a primeira cidade a ter cobertura completa de internet 5G, informação que também é falsa. A partir de então, as notícias falsas começaram a sugerir que a 5G é a causa do novo coronavírus, bem como é responsável por sua transmissão. Algumas notícias sugeriram ainda que a 5G, em conjunto com a covid-19, seria um plano do governo para controlar e monitorar a população. 

A disseminação dessas fakes news teve como consequência a revolta de uma pequena parte da população europeia, o que acarretou no incêndio de várias torres de transmissão 5G. Ademais, funcionários de operadoras móveis já relataram terem sido alvo de ofensas verbais por pessoas desconhecidas. Esses episódios e a crescente circulação das notícias conspiracionistas fez a Organização Mundial da Saúde (OMS) e a União Internacional de Telecomunicações, pertencente à Organização das Nações Unidas (ONU), soltarem comunicados esclarecendo que não há relação entre a cobertura de internet 5G e a pandemia de covid-19. 

No Brasil, uma outra teoria relacionando a covid-19 e Bill Gates, fundador da Microsoft, ganhou força. O contexto seria de que Bill Gates estaria criando uma vacina em forma de selo, que controlaria todos os usuários através da 5G. A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) precisou emitir uma nota esclarecendo que não há comprovações científicas de que tecnologias como 3G, 4G e 5G tenham relação com a covid-19.

Não acredite em qualquer notícia que chegue até você, sempre cheque informações em fontes confiáveis e de agências e organizações de referência, além disso, se puder, fique em casa!

 


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.