Curioso por Ciência # 24: Estudo revela citocina envolvida na gravidade do zika vírus na gestação

Foram analisados aspectos virológicos e imunológicos de 312 gestantes, em que 252 testaram positivo para o zika e aquelas com desfechos negativos apresentaram níveis mais altos de TNF-α, uma citocina associada a inflamações severas, durante a fase de recuperação da infecção

 Publicado: 10/06/2024
Curioso por Ciência - USP
Curioso por Ciência - USP
Curioso por Ciência # 24: Estudo revela citocina envolvida na gravidade do zika vírus na gestação
/

O Curioso por Ciência desta semana traz os resultados da pesquisa de mestrado de Mayara Rovariz Agostinho, do programa de pós-graduação em Imunologia Básica e Aplicada da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP, que investigou a interação entre o zika vírus e o sistema imunológico das gestantes e como isso afeta mães e bebês.

Segundo Isabelle Rodrigues, do Dr. Fisiologia, apresentadora deste episódio, na pesquisa foram observados tanto aspectos virológicos quanto imunológicos de 312 gestantes da rede básica de saúde de Ribeirão Preto, interior de São Paulo, em que 252 testaram positivo para o zika. Durante as consultas de pré-natal, amostras de sangue foram coletadas e analisadas para detectar o zika vírus e medir níveis de substâncias do sistema imunológico chamadas citocinas.

Entre essas gestantes infectadas, 42 tiveram desfechos negativos, incluindo aborto, malformação fetal, óbito neonatal e natimorto. Os pesquisadores também descobriram que infecções no primeiro trimestre da gestação foram as mais graves. Gestantes com desfechos negativos apresentaram níveis mais altos de TNF-α, uma citocina associada a inflamações severas, durante a fase de recuperação da infecção.

Segundo Isabele, esses resultados sugerem que o TNF-α pode estar ligado às formas mais graves da infecção por zika, impactando negativamente a gravidez e o desenvolvimento fetal. “Compreender esses mecanismos nos ajuda a proteger gestantes e bebês, além de direcionar melhor os cuidados de saúde durante surtos de zika. Informações como essas podem salvar vidas e garantir que futuras mães e seus filhos tenham um acompanhamento mais seguro.”

O trabalho Investigação de parâmetros virológicos e imunológicos no desenvolvimento de doença neonatal resultante da infecção pelo vírus zika na gestação foi orientado pelo professor Benedito Antonio Lopes da Fonseca em 2020.

Curioso por Ciência é uma coprodução coprodução entre a Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP, startup Dr. Fisiologia e Rádio USP Ribeirão Preto e São Paulo. Vai ao ar toda segunda-feira, no Jornal da USP no Ar na Rádio USP em São Paulo, 93,7 MHz, a partir das 7h30, e no Jornal da USP no Ar - Edição Regional na Rádio USP Ribeirão Preto, 107,9 MHz, a partir das 12h. estará disponível na home de Ribeirão Preto do Jornal da USP, basta navegar em ribeirao.usp.br.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.