Curioso por Ciência # 20: Estudo investiga a relação entre a espessura do endométrio e o risco de câncer

Foi feita a revisão de 31 estudos já publicados, onde foram analisados dados de mulheres que passaram pelo exame de ultrassom transvaginal e comparados com os resultados de biópsias do tecido do útero

 Publicado: 13/05/2024
Curioso por Ciência - USP
Curioso por Ciência - USP
Curioso por Ciência # 20: Estudo investiga a relação entre a espessura do endométrio e o risco de câncer
/

Esta semana o Curioso por Ciência traz uma pesquisa que envolve a investigação do câncer de endométrio, um dos tipos mais comuns de câncer entre as mulheres. Isabelle Rodrigues, da Startup Dr. Fisiologia, aborda uma revisão sistemática de 31 estudos, já publicados em revistas científicas, onde foram analisados dados de mulheres que passaram pelo exame de ultrassom transvaginal e comparados com os resultados de biópsias do tecido do útero.

Os resultados mostraram que as mulheres que já passaram pela menopausa, com sintomas da doença, e com espessura do endométrio de 5 milímetros ou mais, apresentaram maior risco de câncer de endométrio. “Os pesquisadores não conseguiram definir um valor de espessura de endométrio que apresente maior risco para mulheres sem sintomas ou que fazem terapia hormonal, por isso ainda são necessários mais estudos.”

Ainda segundo Isabelle, a ultrassonografia transvaginal é uma ferramenta valiosa na detecção precoce do câncer de endométrio, mas os médicos precisam considerar vários fatores ao interpretarem os resultados dos exames. “Por isso, é importante manter as consultas e exames ginecológicos sempre em dia.”

A pesquisa Avaliação ultrassonográfica da espessura endometrial em pacientes na pós-menopausa como preditor de câncer de endométrio: revisão sistemática é o mestrado de Rodrigo Hudari Garcia, do programa de pós-graduação em Ginecologia e Obstetrícia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP, defendido em 2022, orientado pelo professor Júlio Cesar Rosa e Silva.

Curioso por Ciência é uma coprodução coprodução entre a Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP, startup Dr. Fisiologia e Rádio USP Ribeirão Preto e São Paulo. Vai ao ar toda segunda-feira, no Jornal da USP no Ar na Rádio USP em São Paulo, 93,7 MHz, a partir das 7h30, e no Jornal da USP no Ar - Edição Regional na Rádio USP Ribeirão Preto, 107,9 MHz, a partir das 12h. estará disponível na home de Ribeirão Preto do Jornal da USP, basta navegar em ribeirao.usp.br.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.