Curioso por Ciência #14: Pesquisador desenvolve material que simula corpo humano para testes de balística

Modelo tem o potencial de ser mais acessível e ético para pesquisas acadêmicas sobre tipos e graus de severidade de lesões balísticas

 Publicado: 01/04/2024
Curioso por Ciência - USP
Curioso por Ciência - USP
Curioso por Ciência #14: Pesquisador desenvolve material que simula corpo humano para testes de balística
/

O Curioso por Ciência desta semana traz a pesquisa Balística externa e terminal de projéteis de baixa velocidade em armas de fogo curtas associadas à simulação de lesões em gelatina balística a 10%, mestrado de Lucas Meciano Pereira dos Santos no programa de pós-graduação em Patologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP.

Santos  desenvolveu um material que simula o corpo humano para testes de balística. Este modelo nacional tem o potencial de ser mais acessível e ético para pesquisas acadêmicas sobre tipos e graus de severidade de lesões balísticas e como pode beneficiar as pesquisas referentes a traumas, sequelas e direcionamento de tratamentos de lesões por projéteis.

No estudo, os pesquisadores usaram projéteis de armas de fogo disparados em blocos feitos de uma gelatina especial, que simulava os tecidos do nosso corpo. Eles queriam entender como esses projéteis se comportavam quando atingiam esse material.

Ao final, os pesquisadores descobriram que a velocidade dos projéteis não era o fator mais importante para causar ferimentos. E, na hora de testar as balas, foram notadas diferenças ao informado pelos fabricantes e por vezes não cumprindo os requisitos mínimos. Também entenderam que as balas que não atingiram a profundidade mínima ainda expandiam bastante, o que impacta diretamente nos danos que podem causar em uma pessoa.

O mestrado foi concluído em 2022  e orientado pelo professor João Paulo Mardegan Issa, da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (Forp) da USP.

Curioso por Ciência é uma coprodução coprodução entre a Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP, startup Dr. Fisiologia e Rádio USP Ribeirão Preto e São Paulo. Vai ao ar toda segunda-feira, no Jornal da USP no Ar na Rádio USP em São Paulo, 93,7 MHz, a partir das 7h30, e no Jornal da USP no Ar - Edição Regional na Rádio USP Ribeirão Preto, 107,9 MHz, a partir das 12h. estará disponível na home de Ribeirão Preto do Jornal da USP, basta navegar em ribeirao.usp.br.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.